10 ideias sobre “Agrale TX1100

    • Caro Mario, boa tarde!

      Talvez não te ajude muito, mas eu começaria a busca entrando em contato com a Agrale, através do link: http://www.agrale.com.br/pt/contato/fale-conosco
      Outra sugestão seria procurar em casas de peças em Caxias do Sul, local da sede da Agrale e cidade que concentra a maior população de caminhões da marca, incluindo o querido TX1100.
      Se eu puder ajudar de outra maneira, por favor, faça-me saber.

      Obrigado pela visita!
      Boa sorte na sua procura.
      Grande abraço,
      Evandro.

      Evandro.

    • Daniel, por aqui somos fãs incondicionais dos Agrale, apesar das pessoas que os execram, muitos por antipatia gratuita, sem conhecimento de causa. Seria muito legal ter um TX1100 com motor M790! Outro dia vimos um 4×4 adaptado, mas adaptado com motor Perkins, em Caxias do Sul, trabalhando firme e forte, puxando verduras e legumes para a cidade. Que bela maquininha!

      • Mesmo que o motor seja de fato um tanto subdimensionado e com relação peso/potência desfavorável, eu admiro a Agrale por ter feito o TX-1100 e vencido o desafio de produzir o próprio motor (ainda que com tecnologia fornecida pela Hatz alemã) ao invés de ter seguido alguma “receita de bolo” e usado algum motor MWM ou até o 1.6L da Volkswagen.

    • Daniel, estes estão ficando bem raros. A Serra Gaúcha ainda tem a sorte de abrigar vários deles. Se tivesse recursos, certamente teria um deles na minha coleção! Abraço.

  1. Também estou procurando um para brisa para o meu Agrale TX 1100 RS / 82.
    Apos várias tentativas, consegui que a fábrica da Agrale me desse um retorno que deu em nada. Gostaria de saber:
    a) quantos TX 1100 foram produzidos? b) quantos RS e quantos RD (Rodagem Simples e Dupla) ? c) qual o primeiro número de chassis e qual o último ? qual o período de produção ?
    toda ajuda será bem vinda. meu email: lanilson.santos@yahoo.com.br.
    Grato a todos que puderem colaborar.

    • Caro Lanilson, tudo bem?

      Desculpe-me pela demora para responder.

      O Agrale TX 1100 é um caminhão bem raro. Foram produzidas 200 unidades em 1982 e 31 unidades em 1983, segundo registros da Anfavea. Em 1983, o modelo foi substituído pelo TX 1200. Nos dados da Anfavea, não consta separação entre RS e RD.

      Não tenho informações sobre o número de chassi.

      Quanto ao para-brisa, tente na JR Diesel, aqui em São Paulo. Quem sabe…

      Ficaria muito grato se pudesse enviar fotos deste importante caminhão histórico, o primeiro nacional, e o primeiro da Agrale.

      Um abraço e boa sorte com a máquina!

Comentários encerrados.