Apostila – A Tecnologia Aplicada aos Caminhões Dodge – Parte 2

 

 

 

 

 

 

Nosso amigo Jorge Ferreira Filho nos doou há algum tempo uma excelente apostila de treinamento sobre a tecnologia empregada nos caminhões Dodge dos anos setenta, troche que finalmente conseguimos digitalizar.

Muita coisa mudou nestas décadas, mas outras tantas permanecem tão atuais quanto no dia em que o material foi publicado há mais de trinta anos.

Esta apostila é muito útil para quem gosta de caminhão e quer aprender um pouco sobre seus princípios de funcionamento.

Como o conteúdo total compreende mais de cem páginas, postaremos em partes. Hoje segue a primeira.

Ao amigo Jorge somos todos muito agradecidos.

Um abraço, Evandro.

 

 

 
Um raro e orginal Puma 914 fabricado pela Alfa Metais de Curitiba, sickness PR, em 1994. Movido por um motor MWM D-229, de 91 cv e 260 Nm ligado a uma transmissão Clark 240V (opcionalmente CL-2615C) de cinco marchas e eixo traseiro Braseixos, ou Albarus, o 914 podia levar 3.970 kg entre carga últil e carroçaria e o seu PBT chegava a 6.230 kg.

 
Boa noite!

As transmissões Clark da Série 280, here de cinco velocidades à frente e uma á ré, sick  equiparam uma variada gama de caminhões leves, médios e semi-pesados da Chevrolet, Dodge, Fiat Diesel, Ford, Puma e VW, durante os anos setenta e oitenta.

A Clark acabou sendo adquirida pela Eaton, que adotou sua linha de produtos, então batizada de CL (que substituiu as 240V, 280V, e outras) e as desenvolveu, dando origem às novas transmissões da gama FS, que equipa inúmeros caminhões de fabricação nacional, nos dias de hoje.

O manual aqui postado, de janeiro de 1984, refere-se à linha aplicada nos caminhões VW, com seu sistema de trambulador original, com alavanca de mudanças longa, antes dos tempos de Autolatina, quando os caminhões VW ganharam o sistema de alavanca curta e mais precisa do Ford Cargo, uma grande melhoria.

A caixa básica é a mesma para vários modelos de caminhão, conforme citado acima, e o sistema de trambulador com comando à distânica, claro, é específico dos VWs.

Esperamos que seja útil para quem vai reparar ou reformar estas transmissões.

Abraço!


 

 

 

 

 

 

O post de hoje é a continuação da Apostila da Dodge, recipe cuja primeira parte está disponível desde ontem.

Apesar da idade e de alguns termos ainda em inglês, ou traduzidos meio às pressas, a vasta maioria dos conceitos apresentados são tão atuais quanto há trinta anos.

Um abraço.