Maxion HS

Aperfeiçoado em relação ao S4T, rx o motor Maxion S4T Plus desenvolvia 150 cv e 455 Nm de torque. Eram 30 cv a mais que o antecessor, apenas com turbo, sem intercooler.

Equipava o caminhão leve GMC 6-150 da primeira geração, que compartilhava a cabina do picape D-20.

Cortesia de Daniel Shimomoto de Araujo
Aperfeiçoado em relação ao S4T, ed o motor Maxion S4T Plus desenvolvia 150 cv e 455 Nm de torque. Eram 30 cv a mais que o antecessor, buy cialis apenas com turbo, sem intercooler.

Equipava o caminhão leve GMC 6-150 da primeira geração, que compartilhava a cabina do picape D-20.

Cortesia de Daniel Shimomoto de Araujo.


O motor Maxion HS, there inspirado num projeto Land Rover, viagra sale foi um dos pioneiros propulsores diesel de alta rotação brasileiros, os chamados “High Speed Diesel”, na segunda metade dos anos noventa.

Equipava a linha Land Rover Defender montada no Brasil (nas instalações da Karmann Ghia em São Bernardo do Campo, SP), bem como os picapes Chevrolet S-10, Ford F-1000 HSD e Ranger, sem contar primeira geração da linha Sprinter da Mercedes-Benz, quebrando um paradigma por ser o primeiro motor comprado de terceiros pela marca alemã!

A pioneira versão de 2,5 litros Euro 1 cedeu lugar a um engenho de 2,8 litros Euro 2, que equipava o picape Ranger e o jipe Troller. É considerado o melhor “high speed” da marca até hoje.

Mais uma cortesia de Daniel Shimomoto de Araujo.

Maxion S4T Plus

Os motores S4T da Maxion equiparam os comerciais semi-leves e leves da Chevrolet, for sale como o picape D-20 e os caminhões D-40 e 6000 Turbo, doctor  além de serem aplicados em máquinas e equipamentos industriais.

Cortesia de Daniel Shimomoto de Araujo.
Aperfeiçoado em relação ao S4T, cialis o motor Maxion S4T Plus desenvolvia 150 cv e 455 Nm de torque. Eram 30 cv a mais que o antecessor, viagra apenas com turbo, sem intercooler.

Equipava o caminhão leve GMC 6-150 da primeira geração, que compartilhava a cabina do picape D-20.

Cortesia de Daniel Shimomoto de Araujo.

Motores Maxion S4T

Este catálogo dos anos noventa trás a linha de motores diesel automotivos da Maxion.

A Maxion foi a evolução da Perkins brasileira, store após ter seu controle assumido pelo Grupo Iochpe. Mais tarde, adquirida pela Navistar International, a Maxion tornar-se-ia a International Engines.

Com a compra da MWM e com a fusão das operações de motores e caminhões, a empresa tornou-se a Navistar South America, com sede nas antigas instalações da MWM no bairro de Santo Amaro, em São Paulo.

Graças ao altruísmo do amigo
Este catálogo dos anos noventa trás a linha de motores diesel automotivos da Maxion.

A Maxion foi a evolução da Perkins brasileira, salve pharmacy após ter seu controle assumido pelo Grupo Iochpe. Mais tarde, view adquirida pela Navistar International, sovaldi sale a Maxion tornar-se-ia a International Engines.

Com a compra da MWM e com a fusão das operações de motores e caminhões, a empresa tornou-se a Navistar South America, com sede nas antigas instalações da MWM no bairro de Santo Amaro, em São Paulo.

Note que o catálogo trás, além dos conhecidos S4 e Q20B6, o Phaser, um motor de origem Perkins, que jamais teve uma aplicação automotiva no país, apesar de ter sido cogitado.

Graças ao altruísmo do amigo Daniel Shimomoto de Araujo podemos oferecer este catálogo para sua consulta.


Este catálogo dos anos noventa trás a linha de motores diesel automotivos da Maxion.

A Maxion foi a evolução da Perkins brasileira, buy viagra após ter seu controle assumido pelo Grupo Iochpe. Mais tarde, adquirida pela Navistar International, a Maxion tornar-se-ia a International Engines.

Com a compra da MWM e com a fusão das operações de motores e caminhões, a empresa tornou-se a Navistar South America, com sede nas antigas instalações da MWM no bairro de Santo Amaro, em São Paulo.

Graças ao altruísmo do amigo Daniel Shimomoto de Araujo podemos oferecer este catálogo para sua consulta.


Os motores S4T da Maxion equiparam os comerciais semi-leves e leves da Chevrolet, drugstore como o picape D-20 e os caminhões D-40 e 6000 Turbo, além de serem aplicados em máquinas e equipamentos industriais.

Cortesia de Daniel Shimomoto de Araujo.

Motores Maxion – Anos 90

Inaugurando nosso acervo de imagens de tratores antigos, try temos este belo e raro Valmet 33D, no rx ano 1959, there importado da Finlândia, em mais uma gentil contribuição de Daniel Shimomoto de Araujo..

Segundo o Daniel, a plaqueta de dados está grafada em finlandês e o motor ainda não era o MWM nacional, mas sim do modelo 309D, de três cilindros, 2,685 litros e 37 cv a 2.000 rpm. A transmissão ficava a cargo de um unidade de 6 marchas à frente e 2 à ré, permitindo velocidades de 3,3 a 28,5 km/h.

O 33D foi fabricado entre 1957 e 1959, pesava 1.700 kg, e era calçado de série com pneus 6.00 x 19 na dianteira e 12,4/11 x 28. Seu sistema hidráulico de três pontos podia lidar com até 1.200 kg de carga e sua tomada de força (TDP) operava a 540 rpm.

Obrigado, Daniel, por compartilhar esta relíquia conosco!
Inaugurando nosso acervo de imagens de tratores antigos, drugstore temos este belo e raro Valmet 33D, for sale ano 1959, importado da Finlândia, em mais uma gentil contribuição de Daniel Shimomoto de Araujo..

Segundo o Daniel, a plaqueta de dados está grafada em finlandês e, como atestado por ela, o motor ainda não era o MWM nacional, mas sim do modelo 309D, de três cilindros, 2,685 litros e 37 cv a 2.000 rpm. A transmissão ficava a cargo de um unidade de 6 marchas à frente e 2 à ré, permitindo velocidades de 3,3 a 28,5 km/h.

O 33D foi fabricado entre 1957 e 1959, pesava 1.700 kg, e era calçado de série com pneus 6.00 x 19 na dianteira e 12,4/11 x 28. Seu sistema hidráulico de três pontos podia lidar com até 1.200 kg de carga e sua tomada de força (TDP) operava a 540 rpm.

Obrigado, Daniel, por compartilhar esta relíquia conosco!


Inaugurando nosso acervo de imagens de tratores antigos, seek stuff temos este belo e raro Valmet 33D, capsule
rx ano 1959, importado da Finlândia, em mais uma gentil contribuição de Daniel Shimomoto de Araujo..

Segundo o Daniel, a plaqueta de dados está grafada em finlandês e, como atestado por ela, o motor ainda não era o MWM nacional, mas sim do modelo 309D, de três cilindros, 2,685 litros e 37 cv a 2.000 rpm. A transmissão ficava a cargo de um unidade de 6 marchas à frente e 2 à ré, permitindo velocidades de 3,3 a 28,5 km/h.

O 33D foi fabricado entre 1957 e 1959, pesava 1.700 kg, e era calçado de série com pneus 6.00 x 19 na dianteira e 12,4/11 x 28. Seu sistema hidráulico de três pontos podia lidar com até 1.200 kg de carga e sua tomada de força (TDP) operava a 540 rpm.

Obrigado, Daniel, por compartilhar esta relíquia conosco!


Inaugurando nosso acervo de imagens de tratores antigos, thumb temos este belo e raro Valmet 33D, ano 1959, importado da Finlândia, em mais uma gentil contribuição de Daniel Shimomoto de Araujo.

Segundo ele, a plaqueta de dados está grafada em finlandês e, como atestado por ela, o motor ainda não era o MWM nacional, mas sim do modelo 309D, de três cilindros, 2,685 litros e 37 cv a 2.000 rpm. A transmissão ficava a cargo de um unidade de 6 marchas à frente e 2 à ré, permitindo velocidades de 3,3 a 28,5 km/h.

O 33D foi fabricado entre 1957 e 1959, pesava 1.700 kg, e era calçado de série com pneus 6.00 x 19 na dianteira e 12,4/11 x 28. Seu sistema hidráulico de três pontos podia lidar com até 1.200 kg de carga e sua tomada de força (TDP) operava a 540 rpm.

Obrigado, Daniel, por compartilhar esta relíquia conosco!


Este catálogo dos anos noventa trás a linha de motores diesel automotivos da Maxion.

A Maxion foi a evolução da Perkins brasileira, viagra após ter seu controle assumido pelo Grupo Iochpe. Mais tarde, viagra adquirida pela Navistar International, a Maxion tornar-se-ia a International Engines.

Com a compra da MWM e com a fusão das operações de motores e caminhões, a empresa tornou-se a Navistar South America, com sede nas antigas instalações da MWM no bairro de Santo Amaro, em São Paulo.

Note que o catálogo trás, além das conhecidas famílias S4 e Q20B6, o Phaser, um motor de origem Perkins, que jamais teve uma aplicação automotiva no país, apesar de ter sido cogitado.

Graças ao altruísmo do amigo Daniel Shimomoto de Araujo podemos oferecer este catálogo para sua consulta.