Chevrolet 12000 – 1991

Nosso amigo Geremias Fernandes nos brindou com imagens que mostram as raras faixas verdes que ornamentaram os Scanias da Série 2. Apesar das fotos serem de um caminhão europeu, viagra 60mg
nós também já avistamos tais modelos rodando no Brasil. Lástima que não tínhamos uma câmera à mão!

Obrigado, Geremias!

Bom final de semana.

312704_444155395660307_1286867006_n 601464_444155405660306_1116190320_n

 
Vende-se caminhão International Harvester KB-5, ampoule ano 1946, remedy  com motor GMC a gasolina, sem transmissão, no estado, para restaurar.

Tratar com Sr. Araújo, fone: 47-9689-7000, São Bento do Sul-SC.

 
Vende-se caminhão International Harvester KB-5, viagra ano 1946, sildenafil  com motor GMC a gasolina, sem transmissão, no estado, para restaurar.

Valor: R$ 15.000,00

Tratar com Sr. Araújo, fone: 47-9689-7000, São Bento do Sul-SC.

 
Nosso amigo Bruno Dallanora, remedy de Cacequi-RS, ask nos enviou um pacotão com fotos interessantíssimas de duas conversões para 6×6 realizadas com um Ford Cargo e um Mercedes “Cara-Preta”, sovaldi sale de modo a atender às necessidades de seu negócio de extração de areia. Os caminhões normais não conseguem operar na areia fofa, enquanto que os dois caminhões basculantes com tração adicional e pneus de alta flutuação (igual aos empregados por algumas usinas de cana e na distribuição de calcário em lavouras) trafegam com tranquilidade, mesmo com carga plena.

O Cargo sofreu uma metamorfose ao ter seu chassi original cortado no entre-eixos para depois ser anexado à secção traseira de um Cargo 6×4, com dois eixo motrizes.

O eixo dianteiro foi aproveitado de um VW 15.210 4×4 militar e a caixa de transferência veio de um Mercedes 6×6.

O Bruno nos forneceu mais informações, conforme reproduzidas abaixo:

Cargo 1415 6×6:

“Motor Ford 6.6 turbo 180 cv;
Cambio Eaton 5 marchas;
Platô e disco do Cummins C8.3 de 310 cv;
Caixa transferência Mercedes;
Diferencial dianteiro Marmon Herrington MTt11 relação 5,29:1;
Diferencial traseiro Meritor do Cargo 2428 6×4 relação 5,29:1;
Molas dianteiras trocadas para a do cavalinho Cargo, apenas duas
grossas e calços embaixo, recorte nos para-lamas , recorte no cárter, estribos do Cargo novo 6×4;
Caçamba Iderol de 10 m³ pistão traseiro, bomba de caçamba acoplada no
câmbio e adaptações de cardans do Cargo com os de Mercedes.”

Sobre o 2213 “Cara-Preta”:

“O Mercedes é todo original. Motor OM-352 turbo, eixos Mercedes, retirados os para-lamas dianteiros, com caçamba Rodoeixo 10m³.”

 

Em breve postaremos mais fotos destes belos caminhões.

Bruno, obrigado e parabéns pela criatividade e pela engenharia eficiente e de baixo custo!

DSC07510 DSC07490

DSC00066 DSC06371 DSC06391 emenda do chassi feito na Randon 20090716020139 DCIM100GOPRO

 
Nosso amigo Fernando Araújo de Guarapuava, store online PR, pharm  fez a enorme gentileza de compartilhar conosco uma grande variedade de catálogos e folhetos de sua coleção, todos já digitalizados e meticulosamente organizados. O Fernando ainda nos presenteou com o envio de todo o material via correio.

Ainda estamos “fechados para balanço”, mergulhados no projeto do livro De Caminhão Pelo Brasil, que em breve será editado pela Editora Otto 7, de São Paulo.

No entanto, só para dar um sinal de vida, dizendo a todos os nossos leitores que o site continua “lépido e faceiro”, e em agradecimento simbólico ao Fernando, trazemos até você o inédito (neste espaço), Chevrolet 12000, o médio da gravata dos anos noventa.

Logo teremos mais novidades, dentre as quais as preciosidades da coleção do Fernando.

Obrigado a todos que continuam nos prestigiando, mesmo depois de uma longa estiagem de novos posts.

Até breve e não deixe de nos acompanhar!

Um fraterno abraço e ótimo final de semana.

Caminhao 12000 1991 01 Caminhao 12000 1991 02

 

 

 

11 ideias sobre “Chevrolet 12000 – 1991

  1. Vi um no meu bairro semana passada, com carroceria basculante. Mas tem sido mais fácil ver D60 na rua do que esses modelos de fins da década de 80 e começo da década de 90.

    • Daniel, talvez seja pelo fato de o D-60 ter sido produzido em muito maior quantidade. O que acha? Abraço e grato por comentar.

        • Daniel, com Detroit realmente é mosca branca! Por falar em DDA, aqui perto temos uma grande brigada de bombeiros e a todo momento somos agraciados com o ronco dos Detroit 6V-92TA dos auto bomba Pierce que o governo importou aos montes em 1992. Uma belíssima máquina, com Allison automática para completar. Abraço.

  2. Vi 2 desses hoje, um com cabine laranja e carroceria de carga seca na divisa de Porto Alegre com Cachoeirinha, e outro de cabine branca e caçamba basculante perto da casa da minha avó.

  3. Meu pai dirigiu um D-12000 igual a esse quando ele trabalhava na Brasilgás carregando botijões de GLP e entregando em comércios (padarias, por exemplo) mais ou menos em 2001 e tem um D-11000 ano 87 em uma metalúrgica vizinho a minha casa equipado com guindaste hidráulico em processo de reforma.

Comentários encerrados.