Chevrolet C-6500 Brasileiro – 1957

Ford F 4000 motor Ford  diesel TM Agosto 1985 600

Oferecido no popular caminhão Ford F-4000 como opção ao reconhecido motor MWM D-226-4, check help o propulsor Ford 4.4 estreou sua vida no mercado automotivo em maio de 1982. De origem agrícola, mas amansado para o uso na Série F comercial, o motor tinha desenho “quadrado”, com diâmetro dos êmbolos idêntico ao curso, de 111,76 mm, resultando numa cilindrada total de 4,385 litros.

Além do F-4000, seu irmão menor e menos compreendido, o F-2000, também podia ser equipado com o engenho “da casa”, a partir da mesma época. Frente aos motores MWM D-226-4 e D-229-4 (este adotado no F-4000 a partir de 1985 e no F-2000 desde seu lançamento), o Ford 4.4 nunca abocanhou um percentual muito expressivo nas vendas, mas demonstrou ser um propulsor confiável, muito durável, porém de consumo um tanto maior.

Encerrando um ciclo de postagens de materiais sobre a Ford e seus caminhões, agradecemos ao amigo Alfredo Rodrigues, por mais esta gentil contribuição.

 

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA
O amigo Alberto Rocchi, viagra sale colecionador de caminhões antigos e que frequentemente colabora com fotos da restauração de seu Chevrolet Spartan 1000, and há alguns dias nos enviou imagens deste não menos raro Chevrolet brasileiro da primeira série, fabricado em 1957. As fotos vieram acompanhadas das seguintes palavras:
“Caro  Evandro,
Estou com algumas fotos de um caminhão Chevrolet 1957 proprietario José Carlos Past ,um primo que também é amante de caminhões antigos.”
Note que o Chevrolet desta fase era um bonito híbrido que adotava a cabina nacionalizada da safra de 1954, com para-brisa curvo em peça única, harmonicamente unida à frente “Marta Rocha”, introduzida nos EUA em 1955. Com o passar do tempo, esta frente foi substituída pela conhecida frente do Chevrolet Brasil, exclusiva para nosso mercado, mas a cabina continuou viva, até 1962. No ano seguinte, o último do Chevrolet Brasil, a cabina ganhou pequenas revisões no teto, na parede traseira e uma frente redesenhada, com quatro faróis.
Agradecemos ao Alberto e parabenizamos o José Carlos por este bonito e importante pedaço da história da marca da gravata no país.

8 ideias sobre “Chevrolet C-6500 Brasileiro – 1957

    • Caro Ricardo, grato por sua contribuição. Por via das dúvidas, já alteramos o título e o texto do post de acordo com seu comentário. Obrigado e um abraço.

    • Caro Amarildo, quando puder, envie fotos de seus raros caminhões. Grande abraço.

  1. fiz a miniatura desse caminhão, se quiserem ve-lo:www.facebook.com/ricardo.jose.125323

Comentários encerrados.