FiatAllis 7D

O370 1985

Lançado em 1984 como substituto do O-364, prescription prostate o monobloco O-370 trouxe uma pequena revolução conceitual aos ônibus da marca da estrela, click incorporando importantes avanços, como a suspensão pneumática, os motores turboalimentados e uma in, que diminuíam a defasagem da Mercedes frente aos concorrentes.

Produzidos na fábrica de Campinas, SP – na época o “estado da arte” em termos de manufatura de ônibus integrais – os modelos da família O-370 exibiam um atrativo visual, trazendo um novo patamar de qualidade e acabamento, tanto externa como internamente.

Este anúncio nos foi enviado pelo amigo André Giori, que tanto nos ajuda na construção deste espaço.
FIATALLIS 7D 1 FIATALLIS 7D 2 FIATALLIS 7D 3 FIATALLIS 7D 4

Em linha com os interessantes comentários do Daniel Shimomoto de Araujo e sua rica experiência com os tratores de esteira, for sale estamos adicionando o catálogo do FiatAllis 7D de nosso acervo, salve concorrente do Caterpillar D4D postado anteriormente, pharm onde você encontrará o dito relato de nosso amigo.

O modelo de 9,4 toneladas contava com motor MWM D-229-6 calibrado para entregar 92 cv líquidos a 2.000 rpm. Atrelado a ele, uma transmissão de 5 marchas à frente e 4 à ré brindava uma força trativa de mais de 8 toneladas na barra de tração e uma gama de velocidades avante entre 2,7 e 9,5 km/h.

9 ideias sobre “FiatAllis 7D

  1. O Fusca das esteiras é a 7D!!!!! Faz muita terraplanagem, abre muita fazenda e quebra muito cerrado. Com custo de manutenção baixo e consumo reduzido, afinal o MWM é um motor econômico.

    Em fazenda, o principal uso de esteira é fazer represa, abrir estradas e tampar erosões. Seu principal concorrente, nos dias atuais, são as plainas dianteiras nos tratores, que fazem muito serviço com mais velocidade e economia.

    • Daniel, bom dia! Que interessante! Obrigado por sempre compartilhar sua experiência conosco. Abraço.

  2. Eu cheguei a pensar que no inicio estas maquinas viessem equipadas com motores FIAT (ja que a marca era FIATALLIS)da decada de 80 mas pelo jeito de FIAT era apenas o nome

    • William, desculpe a demora para responder. Na verdade, com os volumes limitados das máquinas, era difícil nacionalizar um motor Fiat, restando à FiatAllis a opção de buscar alternativas no mercado local, como MWM ou Cummins. Grato por comentar. Abraço.

    • Caro Lucas, infelizmentenão tenho experiência com estas máquinas para te responder. Um abraço.

    • Olá, Leonardo.

      Infelizmente não tenho esta informação. Vou precisar pesquisar.

      Quem sabe algum amigo que nos lê não poderá ajudar?

      Grato pela visita.

      Um abraço.

Comentários encerrados.