Ford F-1000 4×4 – 1995

O primeiro picape Ford com motor diesel foi o F-1000, cialis sale que entrou em produção em novembro de 1979, ask no Complexo do Ipiranga, no homônimo bairro paulistano.

Como novidade, trazia o inédito motor MWM D-229-4 de 3,92 litros e 83 cv. O F-4000 já usava um motor MWM, desde 1975, mas tratava-se do D-226-4, de 4,16 litros.

O nome F-1000 fora escolhido para indicar a capacidade de carga de 1.005 kg, um dos requisitos legais para se homologar um comercial leve com motorização diesel. O nome muito feliz, também destacava o modelo do F-100 existente, dando noção de superioridade.

Para o lançamento nacional, o pessoal de marketing escolheu o tema “A Fera da Ford” grafado em madeira e adotado não só no folheto aqui postado, mas em toda a decoração das concessionárias da rede, como banners, móbiles, e cartazes.

Este que aqui escreve lembra-se perfeitamente do fato ao pedir este folheto na extinta concessionária Forbrasa, em Campinas, SP, do alto de seus onze anos!

Inesquecível.


O primeiro picape Ford com motor diesel foi o F-1000, online que entrou em produção em novembro de 1979, ask no Complexo do Ipiranga, no homônimo bairro paulistano.

Como novidade, trazia o inédito motor MWM D-229-4 de 3,92 litros e 83 cv. O F-4000 já usava um motor MWM, desde 1975, mas tratava-se do D-226-4, de 4,16 litros.

O nome F-1000 fora escolhido para indicar a capacidade de carga de 1.005 kg, um dos requisitos legais para se homologar um comercial leve com motorização diesel. O nome muito feliz, também destacava o novo modelo do F-100 existente, dando noção de superioridade.

Para o lançamento nacional, o pessoal de marketing escolheu o tema “A Fera da Ford” grafado em madeira e adotado não só no folheto aqui postado, mas em toda a decoração das concessionárias da rede, como banners, móbiles, e cartazes.

Este que aqui escreve lembra-se perfeitamente do fato ao pedir este folheto na extinta concessionária Forbrasa, em Campinas, SP, do alto de seus onze anos!

Inesquecível.


O primeiro picape Ford nacional com motor diesel foi o F-1000, check buy cialis que entrou em produção em novembro de 1979, abortion
store no Complexo do Ipiranga, no homônimo bairro paulistano.

Como novidade, trazia o inédito motor MWM D-229-4 de 3,92 litros e 83 cv. O F-4000 já usava um motor MWM, desde 1975, mas tratava-se do D-226-4, de 4,16 litros.

O nome F-1000 fora escolhido para indicar a capacidade de carga de 1.005 kg, um dos requisitos legais para se homologar um comercial leve com motorização diesel. Muito feliz, o nome também destacava o novo modelo do F-100 existente, dando noção de superioridade.

Para o lançamento nacional, o pessoal de marketing escolheu o tema “A Fera da Ford” grafado em madeira e adotado não só no folheto aqui postado, mas em toda a decoração das concessionárias da rede, como banners, móbiles, e cartazes.

Este que aqui escreve lembra-se perfeitamente do fato ao pedir este folheto na extinta concessionária Forbrasa, em Campinas, SP, do alto de seus onze anos!

Inesquecível.


O primeiro picape Ford nacional com motor diesel foi o F-1000,
que entrou em produção em novembro de 1979, no Complexo do Ipiranga, no homônimo bairro paulistano.

Como novidade, trazia o inédito motor MWM D-229-4 de 3,92 litros e 83 cv. O F-4000 já usava um motor MWM, desde 1975, mas tratava-se do D-226-4, de 4,16 litros.

O nome F-1000 fora escolhido para indicar a capacidade de carga de 1.005 kg, um dos requisitos legais para se homologar um comercial leve com motorização diesel. Muito feliz, o nome também destacava o novo modelo do F-100 existente, dando noção de superioridade.

Para o lançamento nacional, o pessoal de marketing escolheu o tema “A Fera da Ford” grafado em madeira e adotado não só no folheto aqui postado, mas em toda a decoração das concessionárias da rede, como banners, móbiles, e cartazes.

Este que aqui escreve lembra-se perfeitamente do fato ao pedir este folheto na extinta concessionária Boris Veículos, em Campinas, SP, do alto de seus onze anos!

Inesquecível.


Aparentemente um post repetido, sick mas graças ao altruísmo do amigo André Giori, mind agora podemos desfrutar do conhecido anúncio, mas agora em resolução que nos permite ler o seu interessante conteúdo, sobre o novo L110, o “Narigão”, como a própria Scania se refere.

O L110 era impulsionado pelo motor D11 aspirado de 11 litros, de 202 cv, ou como na maioria dos veículos produzidos, pelo opcional DS11, turboalimentado, de 275 cv.

Depois do LT110 6×4 lançado em 1970, a Scania introduziu o L110 4×2 em 1971 em substituição ao L76.

Presume-se que ao redor de 1974 o interior da cabina fora remodelado, com novo volante, novo painel e uma série de outros aperfeiçoamentos descritos no anúncio.


Este post é uma homenagem ao nosso amigo, see here sickness colaborador assíduo, viagra sale
ambulance Daniel Shimomoto de Araujo, order feliz proprietário de uma F-1000 4×4, cujas fotos já foram aqui postadas anteriormente.

O modelo que aqui aparece trazia a cabina chamada internamente pela Ford de “RAM”, introduzida no Brasil a partir de 1992 como ano-modelo 1993 e pertencente a oitava geração da Série F, introduzida nos EUA em 1980 e com a frente atualizada em 1987.

O desenvolvimento do modelo 4×4 começou em meados de 1991, em Tatuí, SP, numa empresa especializada em testes automotivos, denominada Midwest. Como pudemos atestar na época, tanto com motor aspirado quanto turbo, seu desempenho no fora-de-estrada severo era admirável, graças em parte à caixa de transferência com a excepcional reduzida de 2,69:1.

O modelo aspirado era voltado ao trabalho e aos frotistas, enquanto que a atrativa versão turbo destinava-se ao uso pessoal.

5 ideias sobre “Ford F-1000 4×4 – 1995

  1. Sou um feliz proprietário de uma F1000 4×4 1995, era do meu pai desde zero que passou para mim!!!
    Afirmo que hoje não se encontra mais carros com a qualidade e durabilidade que a F1000 em geral tem. Vejo a minha, com seu tempo de uso, só rodou na mão de duas pessoas, meu pai e eu. Eu tenho mais ciúmes dela que da minha mulher!!!! KKKKK
    Abraço a todos e obrigado pela literatura que aqui se encontra!!!

    • Caro Neto, tendo visto o desenvolvimento desta máquina de perto, só tenho a endossar as suas palavras. Realmente um veículo espetacular! Obrigado pelo comentário e pela sua visita. Um abraço, Evandro.

  2. Pick up é Ford! Tenho uma Ranger, meu pai ja teve Rangers e F-250… Esse modelo de F1000 (F Mirrrr!!) aqui no ES é difícil ver, mas existem algumas… Muito bacana o post, seria interessante uma parte do site com Pick Ups, sou fã também.

    Abraços.

    • Amigo Giori, bom dia! Picapes sempre terão espaço garantido neste blog, talvez com maior ênfase como você sugere. Adotamos para o site um critério parecido com o dos norte-americanos: tem chassi então é caminhão. E portanto é digno de figurar por aqui. Grato pelos comentários. Forte abraço, Evandro.

  3. Evandro!!!!

    VALEU MEU AMIGO!!!!

    Esse é um presentaço mesmo!!!!

    Minha F-1000 RAM é o sonho de adolescente. Aquele carro que você coloca o dedo numa revista e fala “um dia ainda vou ter uma dessas”….

    Obrigado pela honraria!!!

    Fortissimo Abraço

Comentários encerrados.