Ford F-12000 L e F-14000 HD – c.1998

364 1 364 2 364 3 364 4 364 5 364 6 364 7 364 8 364 9 364 10 364 11 364 12 364 13 364 14 364 15 364 16 364 17 364 18 364 19 364 20 364 21 364 22 364 23 364 24 364 25Com a produção iniciada em dezembro de 1978, sickness a família O-364 de ônibus rodoviários tinha a missão de substituir os O-362 e O-355. Sua concepção básica era a mesma, healing com motor traseiro, estrutura monobloco em perfis e chapas de aço e eixos com suspensões de molas helicoidais na dianteira e semielípticas na traseira.

Embora representasse um grande avanço em relação aos antecessores e exibisse um desenho atual e atrativo para seu tempo, o O-364 ficava devendo na versão 13R rodoviária de longo curso um motor turbo OM-355/6 A e a suspensão a ar, itens que o colocavam na retaguarda tecnológica do Scania BR-116, seu principal concorrente.

Mas seu maior pecado talvez fosse a tendência `a corrosão excessiva e surpreendente, uma vez que, em muitos casos, começava “de dentro para fora”, como comentavam os empresários da época, desolados com a vida relativamente curta do monobloco.

Este bonito catálogo de 1981 mostra a disponibilidade do motor turbo OM-352 A, ausente no início da produção. De qualquer modo, os motores OM-352 aspirados e turbos eram raramente selecionados pelos frotistas, que preferiam fugir de seu desempenho letárgico, optando pelos OM-355/5 e /6, um pouco menos “puxadores de fila”.

 
Sapao 1 Sapao 2 Sapao 3 Sapao 4

Complementando o post anterior sobre o F-14000 HD, diagnosis este catálogo também traz seu irmão mais leve e mais popular, order o F-12000 L, Sildenafil
que trazia todo o legado do F-600 e seu enorme sucesso.

Como comentado naquele post, os modelos desta literatura já eram equipados com o MWM 6.10 NA, que veio a substituir o D-299-6, de modo a atender os limites de emissões Conama Fase 3, embora ambos fossem naturalmente aspirados.

 

15 ideias sobre “Ford F-12000 L e F-14000 HD – c.1998

  1. caminhaõzinho muito gostoso de trabalhar, unico ponto fraco dele são essas relaçoes de marchas bem curtas, meu pai pegou um desse uma vez em uma transação, era baú só que tinha uma relação muito curta mesmo era 60 km/h de maxima e olhe la, tava observando o catalogo e a relaçao dele dever ser essa de 57 km/h de max só não ficamos com ele porque era baú e longo.

  2. De vez em quando ainda vejo um vermelho no meu bairro, com carroceria para transporte de bebidas, provavelmente adquirido 0km pela Vonpar (representante local da Coca-Cola no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina).

    • Daniel, estes caminhões estão desaparecendo. Mesmo os “pitbull” já estão gradativamente cedendo espaço para os cara-chata, até mesmo nos serviços de “catering”, aplicação cativa destes carros. Vide o exemplo dos L-1318 do Aeroporto Salgado Filho. Abração.

          • Evandro, por que essas cabine convencionais são mais adequadas ao catering? Vi um GMC no Santos Dumont outro dia desses, além do pitbull citado de Congonhas. Fugindo do Ford, mas ainda no aeroporto, muito interessante os caminhões de abastecimento de combustível dos aviões com seu terceiro eixo que não é fixo, que vira no sentido contrário do dianteiro quando se faz a curva. Abraços

          • Odair, o mercado de “catering” sem dúvida prefere as cabinas convencionais, embora esta configuração seja atualmente oferecida apenas nos Mercedes Atron 1319 e no International DuraStar. Os caminhões de abastecimento de aeronaves, por estarem sujeitos a manobras em locais muito apertados, em geral, operam com terceiro eixo direcional. Neste caso, o PBT, vale comentar, também excede por larga margem os limites legais, já que tais veículos não estão sujeitos às vias públicas. Um tradicional fabricante destes equipamentos é a Rucker. Grato por comentar.

          • Ao que parece, a cabine mais baixa facilita a aproximação junto aos aviões. Diga-se de passagem, talvez essa seja a razão para serem oferecidos no exterior alguns caminhões de cabine avançada com motor mais recuado em relação ao eixo dianteiro, permitindo que a cabine tenha uma menor altura em relação ao solo, como o Mercedes-Benz Econic e algumas versões especiais de outros caminhões diversos que acabam sendo mais adotadas em aplicações com guindastes pesados (já vi muitos caminhões chineses configurados assim) ou viaturas de bombeiros (tendo como principal vantagem a agilidade no embarque e desembarque, já que às vezes poucos segundos fazem a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma missão).

  3. Daniel, Evaldo muito obrigado pelos comentarios feitos, por este motivo acabei pegando um no negocio e um pitbull caçamba não são muitos espertos na estrada mais pesso e com eles mesmos muito forte este tem motor cummins 6cc e bão para virar e não são gastadores, obrigado

  4. Olá ! . Agora vou falar com o cara que trabalho na FORD ! . EVANDRO corrija-me se estiver errado : 1º O F-14-000 saiu com diferencial reduzido e roda de 10 furos ? . 2 º Agora quero confirmar com você , alguns FORD sapões F-12000 eram diferencial grandes porém não reduzidos e roda de 8 furo , correto ? . Obrigado ! .

    • Breno, o F-14000 foi lançado em 1987 e substituiu o F-13000. O modelo trazia muitas melhorias provenientes do Cargo, como rodas e cubos. Daí as rodas de 10 furos. O eixo traseiro com reduzida era o parrudo Rockwell RS-23-230. Quanto ao F-12000, o modelo tinha roda de 8 furos e eixos traseiros de uma velocidade Rockwell RS-19-140, ou de duas velocidades, RS-19-220. Grato!

  5. Eu sou proprietário destas maravilhas, tenho 4 unidades F12000 Sapão. . . . e o melhor caminhão para uso de Guindaste, devido o motor ser lá frente e ter a cabine o guincho fica entre rodas não pesando tanto na dianteira, com filtro de ar auto não cata sujeira, a Ford nos deixou órfão quando parou de fabricar este caminhões, com motor MWM a retifica e rápida e no lugar, 5 unidades do Ford F1319 com 30mil km estourou o Motor devido a localização do filtro de ar e sem proteção fica sujeito a pedras e paus na estrada, no meu caso um pau na pista danificou a parte plástica e o motor aspirou pó, os coxim de motor solta o parafuso, e o motor vibra e danifica outras peças, a embreagem também tem problemas de montagem, e a Ford corre de dar garantia, não estou contente com os novos não. . . . Estou procurando Pit bull e sapão para comprar . . . . Meu sonho frustrou. . . .

Comentários encerrados.