Ford F-22000 – 1986

F-22000 1986 01 F-22000 1986 02

O F-22000 foi produzido entre 1982 e 1991, sickness período em que 1.344 unidades rolaram para fora da linha de montagem da venerável planta do Ipiranga, sildenafil em São Paulo.

Voltado para o mercado sucroalcooleiro e de extração florestal, malady o modelo teve várias distinções na história dos caminhões da marca, ganhando o título de primeiro  Ford 6×4 nacional e o de maior modelo da Série F no país.

O traçado da Ford contava com sistema de tração equipado com caixa de transferência ZF QT de duas velocidades, tendo a reduzida a excelente relação de 2,38:1 para serviços pesados a baixas velocidades.

O amigo Fernando Luiz de Araújo de Guarapuava, PR, foi quem nos brindou com este entre tantos catálogos de sua coleção particular.

 

16 ideias sobre “Ford F-22000 – 1986

  1. ESSES SIM SAO CAMINHOES QUE AGUENTAVAM O TRABALHO,REFORÇADO DIFICIL DE QUEBRAR.HOJE EM DIA ESSES CAMINHOES ELETRONICOS VIVEM DANDO PROBLEMA COM NOSSO OLEO DISEL QUE É UMA PORCARIA,SEM FALAR NA MANUTENÇÃO CARISSIMA!

  2. Aqui a região tem um F-22000 “capão” como o pessoal diz (sem o terceiro eixo motriz) que carrega toras de eucalipto para uma serralheria na região.

    O caminhão chega a estralar o chassis quando passa em valetas e lombadas carregado mas dá gosto de vê-lo andando. MWM naturalmente aspirado, devagarzinho mas sempre lotado de toras de eucalipto.

    Nunca entendi direito porque essa série não teve o mesmo sucesso do Mercedes LK-2213 sendo que, convenhamos, qualquer caminhão é superior ao 2213 na caçamba.

    • Impressionante um 22000 ainda na ativa, sobretudo com toras no lombo! Recentemente estive na Serra da Bocaina, na região de Bananal, no extremo leste paulista e até os VW Constellation e Worker 6×4, muito mais novos, já estão com aparência de “destruídos” nesta faina de toras de eucaliptos. A estrada de terra (SP-247) é bem irregular, mas a puxada é morro abaixo, de 1200 metros de altitude para o Vale do Paraíba. E mesmo assim, assusta o estado dos VW, talvez 20 anos mais novos que o F citado.

      Se tiver oportunidade, este Ford merece algumas fotos!

      Abraço e obrigado.

  3. Aqui em Fortaleza, tem dois 22000 baú que vão para todo lugar dia e noite. Estão com a tração funcionando perfeitamente. Uma vez perguntei para o dono por que ele nunca quis comprar um modelo mais novo, e então ele me respondeu simples e curto: os caminhões não quebram nunca.

    • A Ultragaz em Sao Paulo só aposentou os F-11000 porque começou a ficar limitante o tráfego de caminhões na cidade.

      Por aqui a SPAIPA (Coca-Cola) utiliza muitos F-14000, alguns F-13000 e o mais incrível, alguns F-13000 com terceiro eixo.

      A Kibon (Unilever) apenas recenemente aposentou os F-14000 (embora continue com os F-14000 sapão)

      • Amigo Daniel, caso consiga flagrar qualquer um destes, vamos ficar honrados em postar imagens destes clássicos aqui no blog. Abraço e grato por seu relato.

    • Caro Júlio, não entendi o que deseja, já que trata-se de um caminhão antigo, já em fim de vida útil. Poderia explicar melhor? Achar um exemplar em bom estado já seria um grande feito, que dirá cinco!!! Obrigado pela visita.

    • É interessante este site porque mostra-nos comentários sobre a
      realidade sobre as opções que o mercado de caminhões oferece.
      A cada dia temos mais carros modernos, mas de custo de manutenção mais elevados. e perdem rapidamente valor de revenda , ao contrário de alguns produtos que marcaram uma vida útil bastante longa.
      Antonio

      • Caro Antônio, grato por suas palavras e por expressar sua opinião. De fato, é o preço da tecnologia e de legislações mais restritivas de emissões gasosas e ruído veicular. Um abraço.

  4. Boa noite amigos e amantes de caminhoes. Eu tenho um F22000 1989 6×4 com caçamba basculante !! Está na configuraçao original de fábrica : Motor MWM, cambio clark 5 marchas, Rodas 10 furos , caixa ZF , eixos traseiros tipo balança …trabalho com transporte de terra, raçao, silagem de milho e cana. Anda em qualquer terreno e arrasta outro se precisar. É do tipo bom e barato. um abraço a todos.

  5. Olá amigos do Caminhão antigo !
    Estava procurando as especificações técnicas desse veículo e acabei encontrando essa página que solucionou o meu problema. Não conhecia esse sistema de transmissão com diferenciais duplos até ter contato com um F-22000 que transporta tratores aqui no município de Caririaçu, no Ceará, lugar onde moro.
    O motor MWM 229 eu já conhecia, mas os detalhes dos elementos de transmissão desse caminhão me chamaram a atenção. Posso testemunhar a robustez desse carro porque já presenciei muitas vezes esse F-22000 transportar máquinas de até 22 tonelas em serviços fora de estrada e com a tração reduzida acionada. Que bom seria que houvesse um caminhão de nova geração para fazer par com ele e realizar logística nas mesmas condições para que houvesse subsídio para uma comparação segura. Quando “traçado” O F-22000 é lento, mas a sua força é fora do comum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Complete a conta. *