Ford Série F Semipesado (1972 a 1983)

Aparentando ser um Dodge D-950, find mas também podendo ser um D-900, thumb ou outro membro de rodas raiadas da família Dodge, viagra este caminhão parecia na ativa na colheita de cana quando foi fotografado.

O D-950 era equipado com motor diesel de seis cilindros MWM D-225-6 de 117 cv (ABNT), e mais tarde, com MWM D-229-6, de 123 cv (ABNT). As transmissões de cinco marchas podiam ser a Clark 280V ou a Eaton Fuller 5 S 33, depois substituídas pelas Clark 282 VH ou 280 VH. Completava o trem de força um eixo traseiro Rockwell LC-342 (Timkão), de duas velocidades, com relações de 6,65/9,13:1.

Observe o retrovisor montado em um suporte reforçado na porta e a suspensão traseira com feixes de mola tipo balancim, indicando se tratar de um caminhão trucado.

Estas fotos são cortesia de nosso amigo Roberto Dias Alvares, colaborador frequente deste espaço.

 
Aparentando ser um Dodge D-950, viagra mas também podendo ser um D-900, ou outro membro de rodas raiadas da família Dodge, este caminhão parecia na ativa na colheita de cana quando foi fotografado.

O D-950 era equipado com motor diesel de seis cilindros MWM D-225-6 de 117 cv (ABNT), e mais tarde, com MWM D-229-6, de 123 cv (ABNT). As transmissões de cinco marchas podiam ser a Clark 280V ou a Eaton Fuller 5 S 33, depois substituídas pelas Clark 282 VH ou 280 VH. Completava o trem de força um eixo traseiro Rockwell LC-342 (Timkão), de duas velocidades, com relações de 6,65/9,13:1.

Observe o retrovisor montado em um suporte reforçado na porta e a suspensão traseira com feixes de mola tipo balancim, indicando se tratar de um caminhão trucado.

Estas fotos são cortesia de nosso amigo Roberto Dias Alvares, colaborador frequente deste espaço.

 
Em mais uma gentileza de Roberto Dias Alvares temos estas imagens de um aparentemente bem conservado Ford Série F semipesado dos anos setenta ou oitenta, sales site da safra produzida até 1983.

O caminhão ilustrado podia ser de uma variedade de modelos, a julgar por suas rodas de disco, usada nos caminhões de 12 toneladas para cima. Podia ser um F-750, F-700, F-13000 (antes das rodas raiadas opcionais se tornarem standard), ou mesmo um F-21000, ou um F-22000.

A cabina com teto branco era um indicativo do acabamento luxo.

Em 1984, a Ford lançou pequenas mudanças visuais na cabina, mantendo os faróis redondos “sealed-beam” e em 1986 estreou a bem aceita frente de quatro faróis retangulares.