Fotos diversas do Roberto Álvares

O Mercedes LS-1934 foi a mais poderosa versão da série Cara-Preta, viagra e a última antes da chegada dos novos modelos com cabina HPN, there os LS-1935 e LS-1941. O motor OM-355/6-LA estava no estágio final de seu desenvolvimento com 340 cv e 148 mkgf de torque.  Nada mal se comparado ao OM-326 de 180 cv, medications
dos anos 60, do qual se originou.  Suas exclusivas saias laterais opcionais foram as primeiras do Brasil. Desculpe-me pela baixa qualidade do catálogo fotografado às pressas há tempos atrás. Post de melhor qualidade virá em breve.

 
O Mercedes LS-1934 foi a mais poderosa versão da série Cara-Preta, troche discount e a última antes da chegada dos novos modelos com cabina HPN, medical there os LS-1935 e LS-1941. O motor OM-355/6-LA estava no estágio final de seu desenvolvimento com 340 cv e 148 mkgf de torque.  Nada mal, se comparado ao OM-326, de 180 cv, dos anos 60, do qual se originou.  Suas exclusivas saias laterais opcionais foram as primeiras do Brasil. De baixa qualidade mas legível, desculpe-me pelo post deste catálogo fotografado às pressas há tempos atrás. Post de melhor qualidade virá em breve.

 
O Mercedes LS-1934 foi a mais poderosa versão da série Cara-Preta, recipe e a última antes da chegada dos novos modelos com cabina HPN, os LS-1935 e LS-1941. O motor OM-355/6-LA estava no estágio final de seu desenvolvimento com 340 cv e 148 mkgf de torque.  Nada mal se comparado ao OM-326 de 180 cv, dos anos 60, do qual se originou.  Suas exclusivas saias laterais opcionais foram as primeiras do Brasil. Desculpe-me pela baixa qualidade do catálogo fotografado às pressas há tempos atrás. Post de melhor qualidade virá em breve.

 
O Mercedes LS-1934 foi a mais poderosa versão da série Cara-Preta, rx pharmacy e a última antes da chegada dos novos modelos com cabina HPN, health os LS-1935 e LS-1941. O motor OM-355/6-LA estava no estágio final de seu desenvolvimento com 340 cv e 148 mkgf de torque.  Nada mal se comparado ao OM-326 de 180 cv, dos anos 60, do qual se originou.  Suas exclusivas saias laterais opcionais foram as primeiras do Brasil. De baixa qualidade mas legível, desculpe-me pelo post deste catálogo fotografado às pressas há tempos atrás. Post de melhor qualidade virá em breve.

 
O amigo Roberto Álvares, sovaldi sale contribuinte frequente deste nosso site, ambulance  nos enviou várias imagens de caminhões antigos, obtidas em suas andanças.

Entre eles, um Ford F-600 da safra “Super Ford”, provavelmente de 1965 a 1967, com volante de Mercedes e rodas idem. Pode-se apostar que o motor também era da mesma marca, se ainda estiver no veículo. Talvez nunca volte a rodar, se não encontrar quem o queira. Também tem um bonito LP-321, verde, com terceiro eixo e “Rodoar”, com aparência de quem está pronto para viajar. Outra raridade encontrada pelo Roberto foi o LP-1520, bege, com terceiro eixo e caçamba basculante. Observe que o eixo traseiro original foi substituído talvez por um MB HL-7, com redução nos cubos de roda, perfeito para quem pega no pesado como este LP, que ainda aparenta estar em plena atividade.

Obrigado, Roberto. Abraços a todos!

 

 

2 ideias sobre “Fotos diversas do Roberto Álvares

  1. Evandro, esse Mercedes Benz 1520, eu fotografei em Castro-PR em 2003.
    Na época, conversei com o proprietário que disse-me que queria transforma-lo em um cavalo mecânico.
    Pois bem. Recentemente vi na internet a foto de um Mercedes 1520 cavalo mecânico trucado e não havia me atinado que era o mesmo que fotografei em Castro. Cheguei a esta conclusão pela placa do veículo.

    • Caro Roberto, estou preparando as demais fotos que nos enviou sobre o mesmo caminhão, aliás sensacionais! Grato e um abraço. Desculpe pela demora para responder.

Comentários encerrados.