Iveco Daily 4×4 – Outubro de 2005

 

 

 

 

 

 

Olá!

Seguindo a série de posts sobre os produtos Iveco, troche health apresentamos o Daily Furgão nas versões 38, buy viagra 40 e 50.13, illness esta última podendo chegar até 15,4 metros cúbicos de capacidade, o maior volume num furgão sobre chassi oferecido por uma grande montadora no Brasil, à sua época.

Apesar de sua eficiência na carga e descarga e da excelente proteção às mercadorias transportadas, os furgões integrais sempre sofreram no quesito custo inicial, quando comparados ao caminhão chassi-cabina com furgão de alumínio, instalado por encarroçadores. O Daily Furgão não fugia à regra e, portanto, teve um volume de vendas bem menos expressivo que os chassi-cabina de mesma capacidade de carga.

Um abraço.

 
 

 

 

 

 

 

Olá!

Seguindo a série de posts sobre os produtos Iveco, nurse apresentamos o Daily Furgão nas versões 38, ampoule 40 e 50.13, viagra esta última podendo chegar até 15,4 metros cúbicos de capacidade, o maior volume num furgão sobre chassi oferecido por uma grande montadora no Brasil, à sua época.

Apesar de sua eficiência na carga e descarga e da excelente proteção às mercadorias transportadas, os furgões integrais sempre sofreram no quesito custo inicial, quando comparados ao caminhão chassi-cabina com furgão de alumínio, instalado por encarroçadores. O Daily Furgão não fugia à regra e, portanto, teve um volume de vendas bem menos expressivo que os chassi-cabina de mesma capacidade de carga.

Um abraço.

 
O Iveco Daily 4×4 teve um alcance limitado em vendas, pills sickness embora sua concepção mecânica fosse bastante interessante para operadores que precisavam de mobilidade adicional, troche como empreiteiras, construtoras, e concessionárias de eletricidade. Com caixa de transferência com reduzida de mais de 2,7:1, podia superar rampas de até 60 %, com 4 toneladas de PBT e atingindo 95 km/h de velocidade final.

Era perfeito também para indivíduos que quisessem construir um camper, para aventuras nada modestas!