Mack – Setembro de 1946

Português:

O objetivo deste website é disponibilizar um acervo particular, medicine
contendo material informativo, troche  que inclui catálogos, brochuras, folhetos, manuais e fotos sobre caminhões brasileiros, em especial os antigos, para atender a consultas de colecionadores, restauradores, aficionados, engenheiros, jornalistas, estudantes e demais interessados.

Fruto de uma coleção de catálogos iniciada nos anos 70, este website visa, sobretudo, preservar e divulgar a história do caminhão no Brasil.

Como regra geral, só serão postados materiais referentes a veículos fora de linha, que não podem mais ser encontrados nas páginas oficiais das montadoras.

Todo material está à disposição, para consulta e download, de forma gratuita.

Apesar de o foco principal ser o caminhão brasileiro, o acervo também contempla caminhões estrangeiros, ônibus, máquinas agrícolas e de construção, bem como componentes como motores, transmissões, eixos, entre outros.

Novos itens serão adicionados de forma regular.

Este website não tem vínculo algum com entidades, ou empresas de qualquer espécie.

Caso encontre qualquer arquivo que tenha restrições de direitos autorais, comunique-nos para tirarmos do ar imediatamente. Tomamos todo o cuidado para respeitar este quesito, mas como o número de doações é grande, pode ocorrer, involuntariamente, a postagem de arquivos de uso e visualização restritos.

Um grande abraço!

Obrigado,

Evandro Fullin.

English

This site is dedicated to the memory of the Brazilian truck, both imported and manufactured locally. It includes ads, memorabilia, curios, spec sheets, catalogues, photos, owner and operations manuals mostly about trucks but not limited to those, as we plan to upload components (engines, transmissions, axles), bus, farm and construction machinery materials as well.

All content can be downloaded free of charge to fullfil the needs of aficionados, collectors, engineers, students, journalists and whoelse this may  be of interest. 

The entire content is part of a personal collection from the author, which is being scanned and, or photographed and uploaded on a regular basis.

This website is aimed to help and satisfy people who enjoy the subject, having no relationship or sponsorship  from any truck or equipment manufacturer at all.

Hope you enjoy as much as we do!

Thanks and welcome!

Evandro Fullin.

 

Sobre o Autor:

Evandro Fullin é brasileiro, paulista, formado em Engenheria Mecânica Automobilística pela FEI e trabalha atualmente como consultor independente de uma montadora de caminhões. Anteriormente, atuou na indústria de caminhões, tendo trabalhado em empresas como Cummins, Navistar International, e Ford Caminhões, durante vinte anos. Evandro também teve uma passagem na aviação, atuando como instrutor de voo e piloto comercial.

Começou a coleção de catálogos ainda moleque, em 1979, pedindo material de concessionária em concessionária e escrevendo para as montadoras. Mais tarde, a busca continuou em sebos,  recolhendo preciosidades no lixo, trocando com outros colecionadores e recebendo doações de gentis amigos como você!

Em paralelo, dedica-se a criação de um livro sobre a história do caminhão no Brasil, que ainda levará alguns anos para ficar pronto.

Sonha em criar no Brasil, com a ajuda de colecionadores e aficionados, uma associação para preservação da história do caminhão nacional, filiada à FBVA, Federação Brasileira de Veículos Antigos, nos moldes da  ATHS, “American Truck Historic Society”, da qual é membro.

 
Nos anos quarenta, ask Chevrolet e Ford dominavam o mercado de caminhões no Brasil, pharmacy com modelos da faixa de 1/2, 3/4, 1 e, principalmente, 1 1/2 toneladas americanas nominas. Eram os Chevrolet Tigre, Gigante, os Ford 198T, 298T, 21T, entre tantos outros.

Seguindo estas marcas, vinham os Dodge, De Soto e Fargo, todos da Chrysler, os International Harvester, com modelos similares e também mais pesados, até 3 toneladas no caso da Dodge, e maiores ainda no caso da International.

As marcas européias ainda engatinhavam por aqui, mesmo por conta dos efeitos devastadores da Segunda Guerra no Velho Continente.

A Mack era um tradicional fornecedor norte-americano de caminhões pesados, na faixa de 5 toneladas nominais e acima, principalmente, apesar de ter modelos menores, como este ilustrado, possivelmente da Série EF.

Além da então gigante International, também concorriam nesta faixa a White, a GMC, Autocar, Reo, Diamond T e outras.

A Mack, hoje controlada pela Volvo, é ainda uma empresa muito forte no mercado vocacional (construção e mineração), com uma gigantesca legião de fãs, nos Estados Unidos, na Venezuela, no Chile, no Caribe e também no Brasil, representados especialmente por alguns de nós que já passaram dos sessenta e tiveram o prazer de ver estas máquinas nas ruas e estradas de nosso país.

A Mack também era uma frequente anunciante, até meados dos anos sessenta, quando encerrou as operações no Brasil.

Fruto das recentes re-estruturações da Volvo, especula-se sobre novas marcas do grupo no Brasil. Será que teremos novamente a marca do Bulldog por aqui?

Bom final de semana!

 

Evandro.

 

2 ideias sobre “Mack – Setembro de 1946

  1. Meu falecido pai teve um Reo chamado Reo cabeça de cavalo gigante ele era uma carreta que caregava 6 tonelada no meu emeio tem a foto dele caregado com carga alta o que restou de esta no cofre a liçensa gostaria de divulgar esta istoria de um desbravador de estradas muito obrigado.

Comentários encerrados.