Manual de Reparações – Chevrolet C-10 e C-60 – 1965 – Seção 0

Depois de servir nas fileiras do Exército Brasileiro, nurse resta para este imponente LA-1113 emprestar suas superfícies para a propaganda eleitoral de 2012.

Ao eixo dianteiro, troche além de tração adicional, provavelmente não muito usado por estes dias, resta também suportar o tradicional vazamento de óleo do bom e velho motor OM-352, de 130 cv, extraídos de seus seis cilindros e 5,675 litros de deslocamento.

A caixa G-3/36 de cinco marchas sincronizadas tinha a poderosa primeira de 8,98:1, com caixa de transferência de 2 velocidades, sendo a reduzida de 1,6:1. Os eixos tinham redução de 6,857:1. Carregado com o PBT de 11.000 kg, o LA-1113 podia vencer rampas de 65% na marcha mais reduzida, e desenvolver 73 km/h na marcha mais longa.

Bela e divertidíssima máquina!
Depois de servir nas fileiras do Exército Brasileiro, case resta para este imponente LA-1113 emprestar suas superfícies para a propaganda eleitoral de 2012.

Ao eixo dianteiro, viagra sale
além de tração adicional, provavelmente não muito usado por estes dias, resta também suportar o tradicional vazamento de óleo do bom e velho motor OM-352, de 130 cv, extraídos de seus seis cilindros e 5,675 litros de deslocamento.

A caixa G-3/36 de cinco marchas sincronizadas tinha a poderosa primeira de 8,98:1, com caixa de transferência de 2 velocidades, sendo a reduzida de 1,6:1. Os eixos tinham redução de 6,857:1. Carregado com o PBT de 11.000 kg, o LA-1113 podia vencer rampas de 65% na marcha mais reduzida, e desenvolver 73 km/h na marcha mais longa.

Bela e divertidíssima máquina!

 

Nota: Não apoiamos nem este nem qualquer outro candidato ao pleito deste ano, nem tampouco  temos vinco político algum


Depois de servir nas fileiras do Exército Brasileiro, pharmacy
resta para este imponente LA-1113 emprestar suas superfícies para a propaganda eleitoral de 2012.

Ao eixo dianteiro, além de tração adicional, provavelmente não muito usado por estes dias, resta também suportar o tradicional vazamento de óleo do bom e velho motor OM-352, de 130 cv, extraídos de seus seis cilindros e 5,675 litros de deslocamento.

A caixa G-3/36 de cinco marchas sincronizadas tinha a poderosa primeira de 8,98:1, com caixa de transferência de 2 velocidades, sendo a reduzida de 1,6:1. Os eixos tinham redução de 6,857:1. Carregado com o PBT de 11.000 kg, o LA-1113 podia vencer rampas de 65% na marcha mais reduzida, e desenvolver 73 km/h na marcha mais longa.

Bela e divertidíssima máquina!


Depois de servir nas fileiras do Exército Brasileiro, purchase resta para este imponente LA-1113 emprestar suas superfícies para a propaganda eleitoral de 2012.

Ao eixo dianteiro, this
além de tração adicional, buy viagra provavelmente não muito usado por estes dias, resta também suportar o tradicional vazamento de óleo do bom e velho motor OM-352, de 130 cv, extraídos de seus seis cilindros e 5,675 litros de deslocamento.

A caixa G-3/36 de cinco marchas sincronizadas tinha a poderosa primeira de 8,98:1, com caixa de transferência de 2 velocidades, sendo a reduzida de 1,6:1. Os eixos tinham redução de 6,857:1. Carregado com o PBT de 11.000 kg, o LA-1113 podia vencer rampas de 65% na marcha mais reduzida, e desenvolver 73 km/h na marcha mais longa.

Bela e divertidíssima máquina!

 

Nota: Não apoiamos nem este nem qualquer outro candidato ao pleito deste ano, nem tampouco temos vinco político algum.


Depois de servir nas fileiras do Exército Brasileiro, sovaldi sale resta para este imponente LA-1113 emprestar suas superfícies para a propaganda eleitoral de 2012.

Ao eixo dianteiro, além de tração adicional, provavelmente não muito usado por estes dias, resta também suportar o tradicional vazamento de óleo do bom e velho motor OM-352, de 130 cv, extraídos de seus seis cilindros e 5,675 litros de deslocamento.

A caixa G-3/36 de cinco marchas sincronizadas tinha a poderosa primeira de 8,98:1, com caixa de transferência de 2 velocidades, sendo a reduzida de 1,6:1. Os eixos tinham redução de 6,857:1. Carregado com o PBT de 11.000 kg, o LA-1113 podia vencer rampas de 65% na marcha mais reduzida, e desenvolver 73 km/h na marcha mais longa.

Bela e divertidíssima máquina!

 

Nota: Não apoiamos este, nem qualquer outro candidato ao pleito deste ano, nem tampouco temos vinco político algum.


Depois de servir nas fileiras do Exército Brasileiro, viagra resta para este imponente LA-1113, approved
provavelmente produzido no início dos anos setenta, capsule  emprestar suas superfícies para a propaganda eleitoral de 2012.

Ao eixo dianteiro, além de tração adicional, provavelmente não muito usado por estes dias, resta também suportar o tradicional vazamento de óleo do bom e velho motor OM-352, de 130 cv, extraídos de seus seis cilindros e 5,675 litros de deslocamento.

A caixa G-3/36 de cinco marchas sincronizadas tinha a poderosa primeira de 8,98:1, com caixa de transferência de 2 velocidades, sendo a reduzida de 1,6:1. Os eixos tinham redução de 6,857:1. Carregado com o PBT de 11.000 kg, o LA-1113 podia vencer rampas de 65% na marcha mais reduzida, e desenvolver 73 km/h na marcha mais longa.

Bela e divertidíssima máquina!

 

Nota: Não apoiamos este, nem qualquer outro candidato ao pleito deste ano, nem tampouco temos vinco político algum.


Depois de servir nas fileiras do Exército Brasileiro, discount mind resta para este imponente LA-1113, thumb provavelmente produzido no início dos anos setenta, emprestar suas superfícies para a propaganda eleitoral de 2012.

Ao eixo dianteiro, além de tração adicional, provavelmente não muito usado por estes dias, resta também suportar o tradicional vazamento de óleo do bom e velho motor  OM-352, de 130 cv, extraídos de seus seis cilindros e 5,675 litros de deslocamento.

A caixa G-3/36 de cinco marchas sincronizadas tinha a poderosa primeira de 8,98:1, com caixa de transferência de 2 velocidades, sendo a reduzida de 1,6:1. Os eixos tinham redução de 6,857:1. Carregado com o PBT de 11.000 kg, o LA-1113 podia vencer rampas de incríveis 65% na marcha mais reduzida, e desenvolver modestos 73 km/h na marcha mais longa.

Bela e divertidíssima máquina!

 

Nota: Não apoiamos este, nem qualquer outro candidato ao pleito deste ano, nem tampouco temos vinco político algum.


Nosso amigo Jorge Ferreira nos brindou com esta cópia do Manual de Reparações Chevrolet, cialis sale para os modelos C-10 e C-60, site do ano de 1965, que será postado em partes. Muito útil para quem está efetuando reparos ou restaurando estas belas e confiáveis máquinas da GM brasileira.

Obrigado, Jorge!

 

 

 

2 ideias sobre “Manual de Reparações – Chevrolet C-10 e C-60 – 1965 – Seção 0

  1. Estou adquirindo uma c10 ano 1977.gostaria muito de poder ter os manuais de manutencao. Agradeco a postagem, sera de grande valia . Obrigado.

    • Olá, Weliton. Infelizmente não tenho este manual para te ajudar.
      Quem sabe algum amigo leitor que nos lê possa nos ajudar.

      Obrigado.

Comentários encerrados.