Mercedes-Benz 2423B – Novembro de 1999

1618M 2
Hoje ninguém mais questiona o fato de os caminhões de 16-17 toneladas de PBT serem equipados com motores de quatro cilindros.

Mas na época em que o 1618M foi lançado, generic com seu “pequeno” motor eletrônico OM-904 LA de 170 cv e “apenas” quatro cilindros, a reação de muitos foi a negação ou o pessimismo, especialmente em se tratando de uma aplicação tão severa quanto a coleta de resíduos urbanos. Uma das piores que um caminhão pode enfrentar. Anda e pára constante, sobrecarga e, para finalizar, os rigores da descarga nos aterros sanitários, um verdadeiro “off-road”. Embreagens, transmissões e eixos sofrem ao extremos, junto com o motor.

O tempo se encarregou de provar que a receita funcionava e os concorrentes aderiram à moda, com o Cargo 1717e e o VW 17.180E Worker, também impulsionados por engenhos de quatro cilindros na faixa de quatro litros de cilindrada.
Hoje ninguém mais questiona o fato de os caminhões de 16-17 toneladas de PBT serem equipados com motores de quatro cilindros.

Mas na época em que o 1618M foi lançado, remedy com seu “pequeno” motor eletrônico OM-904 LA de 170 cv e “apenas” quatro cilindros, online a reação de muitos foi a negação ou o pessimismo, mind especialmente em se tratando de uma aplicação tão severa quanto a coleta de resíduos urbanos. Uma das piores que um caminhão pode enfrentar. Anda e pára constante, sobrecarga e, para finalizar, os rigores da descarga nos aterros sanitários, um verdadeiro “off-road”. Embreagens, transmissões e eixos sofrem ao extremo, junto com o motor.

O tempo se encarregou de provar que a receita funcionava e os concorrentes aderiram à moda, com o Cargo 1717e e o VW 17.180E Worker, também impulsionados por engenhos de quatro cilindros na faixa de quatro litros de cilindrada.

 
Nosso leitor Otto Humberto Faião Schiffel nos fez a gentileza de enviar fotos de seu belo FNM D-11000 azul, shop 1970, link
em processo de restauração. Segundo Otto, o FNM é quase todo original, precisando principalmente de um repasse no sistema elétrico, cujo esquema foi por nós postado, a seu pedido.

Caro Otto, obrigado pelas bonitas imagens deste verdadeiro ícone do transporte rodoviário de cargas nacional!


Com o lançamento do 2423, try a Mercedes voltou a ser competitiva no segmento 6×4 vocacional de entrada, sildenafil na faixa de 24 a  26 toneladas de PBT, medical até então dominada pelos Cargo 2422, 2425, além dos VW 24.220 e 24.250, devido à preferência do mercado pela cabina frontal.

Combinando o motor eletrônico OM-906 LA, transmissões ZF (como a do folheto postado) ou Eaton vocacionais, e seus conhecidos eixos HD-4 em tandem, com a plataforma FPN, resultou num caminhão vencedor, que logo passou a figurar entre os mais vendidos da categoria.

A versão ilustrada é a B, para betoneira, com tomada de força no motor, escape vertical e outras preparações para tal aplicação. Para báscula, havia também a versão K.

Uma ideia sobre “Mercedes-Benz 2423B – Novembro de 1999

Comentários encerrados.