Mercedes-Benz L-1620 – Novembro de 1999

 

 

 

 

 

 

 

Um dos mais importantes caminhões da história no Brasil está aqui representado por este catálogo por nós fotografado em um acervo. Infelizmente a qualidade das imagens não é das melhores e ainda falta a páginas das espeficicações, mind que não foi incluída por estar totalmente fora de foco…
Um dos mais importantes caminhões da história no Brasil está aqui representado por este catálogo por nós fotografado em um acervo. Infelizmente a qualidade das imagens não é das melhores e ainda falta a páginas das espeficicações, sick que não foi incluída por estar totalmente fora de foco…


 

 

Outro exemplar Mercedes-Benz de enorme significado histórico, no rx que não poderia faltar num site como este, treatment
é o L-1620, que traz no seu bojo todo o legado da marca, com o DNA dos LPs, do L-1111, L-1113, L-1516 e L-1618, entre outros.

O modelo ilustrado ainda era da versão 4×2, antes do fenomenal sucesso da versão 6×2, mas já com o programa de modernizações e reduções de custo chamado de “Série Brasil”. Uma das mais evidentes reduções de custo residia no painel, que substituiu o anterior, incorporando luzes espia em lugar de indicadores como o de temperatura do líquido de arrefecimento.

Com isso, a Mercedes se preparava para o crescimento da VW, sob a forma de seus 16.200 e 16.220, num ataque frontal destes ante os produtos da Estrela.

 

 

6 ideias sobre “Mercedes-Benz L-1620 – Novembro de 1999

  1. eu não sou muito chegado nos modelos da série HPN sou mais dos AGL mas o 1620 é considerado um “KING” dos HPN ja na AGL o “KING” e o 1113

    • Caro Dico, boa comparação. Faz sentido. Indo mais a fundo, o L-1618 pode ser considerado o “king” como você mencionou da fase original (faróis retangulares), e o 1620 da Série Brasil (faróis redondos) da gama HPN. O que acha? Grato por comentar. Abraço.

  2. olá a todos,é sim o L-1620 não que ele seja “KING” como mencionado ele na verdade(em minha opinião) é uma melhoria avançado do nosso veterano L-1618 com tecnologia mais avançada mais força pois o L-1618 fazia parte da primeira saga da série HPN era os Semi-Pesados L-1214,L-1218,L-1418,L-1614,L-1618 os Cavalos-Mecânicos LS-1625,LS-1630,LS-1935,LS-1941 e os OFF-ROAD 6×4 L-2314,L-2318,L-2325,L-2635….o L-1620 já faz parte da segunda geração da série HPN bem como a terceira geração HPN denominada Atron

  3. Olá EVANDRO ! . O comentário a seguir não visa divergência de opiniões nem mesmo ofensas aos gostos individuais ! . Mais vou ser sincero , não escondo meu gosto , que na verdade é amor por MERCEDES-BENZ ! . HA ! HA ! HA ! . Mais uma coisa eu tenho que ti falar , estava observando os concorrentes que não é nenhuma vergonha nem crime , e estava observando a linha de semi- pesados e comparando com os da MERCEDES-BENZ ( Nada de criticas ofensivas a nossos amigos , espero que você entenda EVANDRO ! . Me desculpe se for o caso ! . ) Na atualidade , semi -pesado de alta potência : . MERCEDES-BENZ = ATEGO 1729 , VOLKSWAGEN= CONSTELLATION 17-280 , FORD = CARGO 1729 , IVECO = TECTOR 17-280 , VOLVO = VM 270 , SCANIA = P 260 , as opções são muitas , mais a respeito de 1620 lembro que até uns 14 a 11 anos atrás esse caminhão estava embalado , mesmo com esse atego 1729 que a empresa que trabalho comprou , que alias é excelente , a MERCEDES-BENZ não está tão embalada no mercado ! . Mesmo assim gosto muito dela ! . Mais assumo o avanço das concorrentes ! . E outra coisa boa que também assumo a VOLKSWAGEN oferece câmbio automático V-TRONIC até nos caminhões médios ao invés de ser somente nos extra- pesados MAN , na MERCEDES-BENZ câmbio automático na linha semi-pesado é só no ATEGO 2430 ! . Outro fator real , e não discutivel , voltando a 18 anos atrás em 1996 , quando a VOLKSWAGEN lançou novamente o 12-140 e depois lançou o 12-140 T que era turbinado , naquele tempo , mesmo com já 10 anos de mercado (Naquela época) O 1518 dava um SHOW nesse 12-140 , apesar de até hoje ele ser super respeitado , mais voltando ao assunto , não sei oque acontece com a MERCEDES-BENZ não , uma hora líder depois perde força no mercado mesmo com tanto laçamento , mais fabricantes de caminhão são igual a vida , vivem de fases , hora boas , hora ruim , espero quem em 2015 a MERCEDES-BENZ pelo menos tente embalar igual alguns anos atrás ! . Obrigado EVANDRO ! .

Comentários encerrados.