Mercedes-Benz L-2017

Nosso amigo Paulo Henrique Lebedenco, capsule editor do excelente site http://merce-denco.blogspot.com.br/ e pesquisador incansável sobre os produtos da Mercedes-Benz, hospital
gentilmente nos enviou uma série de fotos dos raros LA-1317, seek o 4×4 produzido em pequena quantidade, justamente na aurora da família AGL, quando a mesma já começava a ser substituída pelos novos HPN e FPN.

Sucedido pelo HPN LA-1418, o LA-1137 era oferecido em entre eixos de 4.200 e 4.830 mm, sendo que este último pesava 4.465 kg em ordem de marcha, com PBT de 13.000 kg. O PBTC era de 22.500 kg e a força motriz era proveniente do motor turbo OM-352-A de 156 cv (DIN). Havia também a versão LAK-1317 com tomada de força de fábrica e entre eixos de 3.600 mm, para básculas.

Grato, Paulo Henirque!


Nosso amigo Paulo Henrique Lebedenco, cialis editor do excelente site http://merce-denco.blogspot.com.br/ e pesquisador incansável sobre os produtos da Mercedes-Benz, cheap gentilmente nos enviou uma série de fotos dos raros LA-1317, store o 4×4 produzido em pequena quantidade, justamente na aurora da família AGL, quando a mesma já começava a ser substituída pelos novos HPN e FPN.

Sucedido pelo HPN LA-1418, o LA-1137 era oferecido em entre eixos de 4.200 e 4.830 mm, sendo que este último pesava 4.465 kg em ordem de marcha, com PBT de 13.000 kg. O PBTC era de 22.500 kg e a força motriz era proveniente do motor turbo OM-352-A de 156 cv (DIN). Havia também a versão LAK-1317 com tomada de força de fábrica e entre eixos de 3.600 mm, para básculas.

Grato, Paulo Henirque!


Outra raridade da linha Mercedes-Benz AGL é o L-2017, no rx
também produzido em pequenas quantidades, principalmente para brigar com os modelos 6×2 originais de fábrica da Ford, como o Cargo 2218T e 2319.

O L-2017 era construído com base no L-2014, com suspensão tipo bogie na traseira, e motor turbo OM-352A de 145 cv (NBR). Com entre eixo de 4.830 mm, o 6×2 pesava 6.360 kg e lidava com um PBT de 22.000 kg, o que lhe dava o direito de ser batizado de L-2217, mas a Mercedes preferiu não confundi-lo com o 6×4 de mesmo nome,  deixando o glamour para o L-2318 que estava saindo do forno, no início dos anos noventa.

As imagens obtidas depois de muita pesquisa são crédito de nosso amigo Paulo Henrique Lebedenco, do site parceiro http://merce-denco.blogspot.com.br/.

11 ideias sobre “Mercedes-Benz L-2017

  1. eu ja tinha visto um Mercedes 1117 toco e os MB de 170 CV como é mais comum nas versões do tipo como o 1317 e 1517 e o 2217, agora MB 2017 nunca vi.eu penso assim como por exemplo nos modelos que vinha com o tradicional motor OM-352 “maçarico” de 130 CV 1113,1313,1513,2013,2213 então,vem na minha cabeça os modelos com o OM-352/A turboalimentado que fica então 1117,1317,1517,2017,2217,…o 2017 pensava que era produzido no mesmo tempo que esse que eu citei….

    • Caro Dico, grato por comentar. O 2017 é bem raro mesmo. Assim como o LS-1313 A, do post de hoje, se é que existiu, de fato. Abraço.

  2. sim eu acho que pelo fato da potência do motor “maçarico!” ser de 130 cv e o turbo ser de 160,170,180 cv como em varios modelos como por assim dizer o modelo 1113,mais pra frente seria um 1116,isso no modelo de 11 Toneladas também na versão de 13 Toneladas seria um 1316,mais pra frente seria 1317 e por assim foi….

    • Caro Rafael, grato por comentar. A diferença entre os modelos com final “16” e os “17” eram mais políticas e comerciais, que técnicas. A nomenclatura distinta era o artifício que se utilizava na época para driblar os preços congelados pelo extinto CIP para assim poder imprimir aumentos de preços, em tempos de inflação galopante. Abraço.

  3. Juro pra vocês que eu já vi um Mercedes 2018 ano “89 numa concessionária aqui em belo horizonte,provavelmente motor mecânica igual dos 1318,1518 etc…

    • Amigo Lebedenco, bom vê-lo novamente por aqui! Muito interessante. Curioso também o ano, 1991, em plena era HPN… Abraço e muito grato pela dica.

  4. Um dia desses vi um 2017 parado aqui perto de minha casa,em Vila Velha,ES.Estava impecável,realmente muito bonito

  5. Fui Procurar no Google Pq Acabei De Ver Um Amarelo Carroceria E Pensei Que Estava Louco Já Que Nunca Nem Ouvi Fala Desse L-2017…Mas Como Vi E Agora Li As Informações Da Página Sei Que Ele Existe e Que Fui Contemplado de Ver Esse Bruto Tão Raro

  6. EU POSSUO UM 2017 ANO 1990 QUE FOI COMPRADO 0KM EM GUARATINGUETA -SP O MEU E AMARELO E ESTA TODO ORIGINAL EXCELENTE CAMINHAO, TAMBEM NAO CONHECIA E ATE ACHEI ESTRANHO A NOMECLATURA DO CAMINHAO QUE TEM 22t DE PBT.

Comentários encerrados.