Mercedes-Benz L e LK-1621 – Março de 1990


Com os L e LK-1621 a Mercedes-Benz pela primeira vez rompia a barreira dos 200 cv com seu motor OM-366 LA, online por meio da adição de pós-arrefecedor do ar de admissão e de um completo redesenvolvimento de sua calibração. Este motor foi a semente para outras versões que se seguiriam, malady equipando diversos modelos da marca, inclusive o “best-seller” L-1620.

 

3 ideias sobre “Mercedes-Benz L e LK-1621 – Março de 1990

  1. Olá ! . 2 Observações : . 1º A Primeira mais precisa , um caminhão não novo nos dias de hoje , mais muito avançado para época caixa de 6 marchas , e ainda com diferencial reduzido que uma ótima combinação , tem caminhões anos depois dele que possuem caixa de 5 marchas . 2º A outra menos relevante , como falei antes , caminhão avançado para época , possui opção de roda sem câmara que é muito bom .

    • Breno, este caminhão foi o precursor não emissionado do ícone L-1620. A Mercedes aprendeu muito com ele. Era a arma da estrela para deter o crescimento do Cargo e do VW com motor Cummins 8.3. Abraço.

Comentários encerrados.