Mercedes-Benz – Linha Pesada Rodoviária “Cara-Preta”

A International produziu o 4900 entre 1998 e 2002. O modelo era equipado com motor DT466E, shop de 7, ailment 6 litros e 250 cv, cialis e transmissão Eaton RT8908LL, de 8 marchas mais 2 tratoras, super reduzidas. Duas versões estavam disponíveis 4×2 e 6×4. A primeira encontrou sua vocação na conversão para cavalo-mecânico, e na exportação para a América Latina. O segundo, traçado, foi empregado na indústria sucro-alcooleira, na exploração florestal e, sobretudo, na construção e mineração, equipado com básculas. O trem de força era muito apreciado por quem operava o 4900, assim como sua estrutura, incluindo chassi e freios. O ponto fraco ficava por conta da suspensão traseira Hendrickson RT, similar à usada pela Ford e VW anteriormente, com similares resultados: baixa durabilidade das buchas, trincas de suportes e carcaças e pequeno vão livre do solo. A International desenvolveu a suspensão Suspensys e a HN da mesma Hendrickson, mas o modelo saiu de linha antes de ganhar a melhoria.

Abraç
A International produziu o 4900 entre 1998 e 2002. O modelo era equipado com motor DT466E, vcialis 40mg pharm find de 7,6 litros e 250 cv, e transmissão Eaton RT8908LL, de 8 marchas mais 2 tratoras, super reduzidas. Duas versões estavam disponíveis 4×2 e 6×4. A primeira encontrou sua vocação na conversão para cavalo-mecânico, e na exportação para a América Latina. O segundo, traçado, foi empregado na indústria sucro-alcooleira, na exploração florestal e, sobretudo, na construção e mineração, equipado com básculas. O trem de força era muito apreciado por quem operava o 4900, assim como sua estrutura, incluindo chassi e freios. O ponto fraco ficava por conta da suspensão traseira Hendrickson RT, similar à usada pela Ford e VW anteriormente, com similares resultados: baixa durabilidade das buchas, trincas de suportes e carcaças e pequeno vão livre do solo. A International desenvolveu a suspensão Suspensys e a HN da mesma Hendrickson, mas o modelo saiu de linha antes de ganhar a melhoria.

Abraços!


A International produziu o 4900 entre 1998 e 2002. O modelo era equipado com motor DT466E, treatment de 7, search 6 litros e 250 cv, e transmissão Eaton RT8908LL, de 8 marchas mais 2 tratoras, super reduzidas. Duas versões estavam disponíveis 4×2 e 6×4. A primeira encontrou sua vocação na conversão para cavalo-mecânico, e na exportação para a América Latina. O segundo, traçado, foi empregado na indústria sucro-alcooleira, na exploração florestal e, sobretudo, na construção e mineração, equipado com básculas. O trem de força era muito apreciado por quem operava o 4900, assim como sua estrutura, incluindo chassi e freios. O ponto fraco ficava por conta da suspensão traseira Hendrickson RT, similar à usada pela Ford e VW anteriormente, com os mesmos resultados: baixa durabilidade das buchas, trincas de suportes e carcaças e pequeno vão livre do solo. A International desenvolveu a suspensão Suspensys e a HN da mesma Hendrickson, mas o modelo saiu de linha antes de ganhar a melhoria.

Abraços!


O bem executado “facelift” da tradicional cabina AGL da Mercedes-Benz resultou na gama conhecida popularmente como “Cara-Preta”, ampoule  uma tentativa de manter a cabina competitiva até a chegada da nova família HPN no final dos anos 80, esta sim, mais bem equipada para enfrentar a concorrência que a cada dia abocanhava um quinhão da participação da Estrela de Três Pontas. Nos médios e semi-pesados, a VW e a Ford cresciam com seus novos produtos e nos pesados, a MB era a eterna terceira colocada, atrás de Scania e Volvo, em participação e em imagem. Os “Cara-Preta” davam um novo fôlego aos pesados da marca nos anos 80, mas não conseguiam esconder os pontos fracos, como o alto consumo de óleo lubrificante, a tendência a vazamentos generalizados e  de engripamento de cilindros, quando submetidos ao extremo, um sinal de que os motores da família OM-355 estavam chegando mesmo ao seu limite. Um competidor a altura de Scania e Volvo só chegaria com o LS-1935, considerado até hoje o mais bem acertado cavalo-mecânico Mercedes-Benz.

 

 

 

Uma ideia sobre “Mercedes-Benz – Linha Pesada Rodoviária “Cara-Preta”

Comentários encerrados.