Mercedes-Benz L/LK-1513 e 1516 – Julho de 1976 – Parte 1

Num tempo em que 15 toneladas era o máximo PBT permitido para os caminhões 4×2, try a Mercedes oferecia seus exclusivos semipesado para esta categoria, representado pelos L e LK 1513 aspirado e 1516 turboalimentados.

Estes veículos campeões foram os verdadeiros sucessores da saga de sucesso, composta pelos HPN L-1618 e L-1620, que dispensam maiores apresentações.

Este belíssimo catálogo dos anos setenta chega até você graças ao altruísmo de nosso amigo Geremias Jonas Fernandes, que gentilmente nos enviou este material há alguma semanas.

A segunda parte será postada amanhã. Aguarde.

Obrigado, Geremias!!!

1513 1 1513 2 1513 3 1513 4 1513 5 1513 6

 

 

22 ideias sobre “Mercedes-Benz L/LK-1513 e 1516 – Julho de 1976 – Parte 1

  1. mais uma bela postagem parabéns Evandro ..há eu vi o post do raro MB L-2017 e também do L-2225 que coincidência os dois são raros e de cor amarelo será que todos os modelos raros da linha Mercedes-Benz AGL são de cor amarelo???? vou ficar com minha câmera de olho e tentar ter a sorte de avistar um caminhão amarelo que tomara que seja L-2017 ou o L-2225 …abraços Júnior Dimas

    • Caro Júnior, creio ser coincidência o amarelo dos Mercedes raros. Seria muito legal se avistasse um destes, com câmera em punho, pois são difíceis de se achar. Obrigado por comentar. Abraço.

  2. sou fã incondicional destes modelos Mercedes-Benz com os frisos (também chamados de bigodes) na grade dianteira; quando eu era criança eu os chamava de “as duas coisinhas”… ainda quero ter um desses

    • Amigo Geremias, você tem razão. Estes modelos, os verdadeiros AGL, têm um charme especial. E são uma delícia de dirigir. Como sonhar não paga nada, também gostaria de ter um LA-1113 ou um LG-1213, do começo dos anos setenta, com cabina baixa e volante com aro cromado da buzina. Um LS-1924 aspirado também seria legal… Puras lembranças de infância! Grande abraço.

  3. Em primeiro lugar parabéns pelo site. Visito frequentemente esse espaço em busca de informações, pois caminhões antigos são meu hobby também. Os 1513 e 1516 eram patrões da estrada, como se dizia aqui no Rio Grande do Sul. Gostaria de saber se esses modelos chegaram a ser produzidos com cabina de teto baixo como aconteceu com os 1113! Os 1313 foram. Mas é raro ver um 1313 cabininha!!
    Me parece que o 1513 foi lançado junto com o 1113 e 1313, ambos cabina de teto baixo, e mais o 2013. Isto teria sido no ano de 1970?? Obrigado

    • Caro André, bom dia.

      O L-1113 e suas variantes foram lançados no início de 1970. Em junho chegaram os 1313.Em setembro, foi a vez do L/LK-1513, seguida da cabina alta em novembro daquele mesmo ano.

      Então, teoricamente, a produção do 1513 entre setembro e novembro deve ter sido com a cabina baixa. Mas estes veículos são realmente mosca branca. Nunca vimos um, nem temos imagem alguma dele em nosso acervo.

      Obrigado pela interessante pergunta e um grande abraço!

  4. legal mesmo esse post uma coisa que achei meio estranho nessas fotos são os espelhos retrovisores que bem pequeno,enquanto que hoje em dia eles são bem grande e cor preto…mas nessa época o sucesso dos AGL ainda tava só começando..agora uma duvida…o AGL Cara-Preta que entrou em cena em 1982 eles eram produzidos também na Alemanha ou só aqui no Brasil? e outra eu chegava a pensar que estes primeiros modelos eram importados da Alemanha somente pelo fato dos espelhos serem diferentes dos de hoje em dia …Abraços

  5. BOA NOITE….

    AMIGO EVANDRO ,VENDO SEU COMENTARIO SOBRE OS MERCEDES LA EM CIMA ,ONDE VOCE COMENTOU DA ARO NO VOLANTE ,LEMBREI DE UM DE UM QUE UM CONHECIDO NOSSO TEVE A ANOS ATRAS…NELE QUE FIQUEI SABENDO QUE AQUELE ARO ALEM DE ACIONAR A BUZINA TAMBEM ACIONAVA OS PISCAS ,CONFORME O LADO QUE SE VIRAVA O ARO ,ERA O LADO QUE LIGAVA A SETA DO CAMINHÃO ,NESSE AQUI (http://caminhaoantigobrasil.com.br/mercedes-benz-l-1113-julho-de-1971/1113-7/) DA PRA PERCEBER A AUSENCIA DA ALAVANCA DA SETA NA COLUNA DE DIREÇÃO…

    • Joaz, AGL era o nome da família da cabina, assim como HPN (convencional) e FPN (frontal), nos termos usados internamente pelo fabricante. Grato por comentar. Abraço.

  6. Já vi circulando na rede fotos de um catálogo dos L/LK/LS 1313/1316 da mesma época deste; caso você também possua, pode publicá-lo?

  7. Sobre a cabine dos 1313, 1513 e 2013 informo que somente o L2013 em 1971 saiu com cabine alta, o 1313 e o 1513 saíram com a cabine baixa até o final de 1973. Só a titulo de informação o 1113 saiu até 1975 com cabine baixa, ou seja em 1975 tem 1113 com cabine baixa e alta. Ainda comentando sobre ver os 1313 e 1513 com a cabine baixa, aqui na minha cidade vejo sempre um 1313 azul e o 1513 ocre lindo com gaiola de boi.

  8. Bom dia, gostaria que alguém me ajudasse com uma informação. Tenho um Mercedes modelo 2013 ano 1976, e gostaria de saber onde posso encontrar informações de como era a cabine original desse modelo, se é frente com farol redondo ou frente quadrada.

    • Caro Marcos, em 1976 a Mercedes adotava a frente original da gama AGL, com faróis redondos. A chamada “cara preta”, com faróis quádruplos retangulares começou a ser introduzida em fins de 1981. Grato pela visita. Abraço.

  9. Muito obrigado por compartilhar informações tão importantes sobre os Mercedes clássicos que, ao meu ver, foram os caminhões de mecânica mais simples e eficiente que já apareceram no Brasil. Já tive muito contato com os Mercedes e guardo boas lembranças deles, as quais materializo na forma de miniaturas. Pena que só descobri este material há poucos dias. Ainda assim, espero aproveitar muito da postagem e da troca de informações que resultou dos comentários. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Complete a conta. *