Mercedes-Benz LS-1934 – 1988

Mercedes BenzLS  1934 Veja Agosto 1988 2

O Mercedes LS-1934 representa um certo paradoxo. Na época em que foi produzido, cure era o sinônimo do estágio evolutivo final que a família AGL e o motor 355 puderam atingir ao longo dos anos.

Em meio aos concorrentes de seu tempo, ficava devendo em muitos aspectos. O bom e velho motor 355 dos anos 60 fora esticado para impensáveis 340 cv, criando uma série de limitantes, como a tendência ao superaquecimento e a curta vida útil. Mas era a cartada final da montadora, antes que a nova linha HPN estivesse pronta para sair do forno.

Avançando o filme em mais de 25 anos para o futuro, o que resta das limitações de outrora é nada, se comparadas ao carinho e ao carisma que este caminhão arrebatou. Hoje, uma verdadeira legião de fãs se entusiasma por seu estilo inconfundível – um misto de clássico e moderno – numa receita bem acertada e chamativa, enaltecida graças à maquiagem proporcionada pelas calotas, spoiler, para-sol e as então inéditas saias laterais opcionais.

Na atualidade, poucos 1934 sobrevivem em boas condições. Resta torcer para que os escassos e heroicos colecionadores do país não se esqueçam deste grande clássico na hora de escolher seu próximo projeto de restauração. Nossos olhos e corações agradecem!

Por falar em agradecer, lembramos que esta peça publicitária foi mais uma gentil colaboração do amigo Alfredo Rodrigues, de Pelotas, RS.

Para quem quiser saber mais sobre o modelo, em junho de 2012 publicamos o respectivo folheto aqui:

http://caminhaoantigobrasil.com.br/category/catalogos-e-folhetos/mercedes-benz-caminhoes-catalogos/agl/agl-cara-preta/ls-1934/

 

4 ideias sobre “Mercedes-Benz LS-1934 – 1988

  1. realmente um caminhao que chamava atençao principalmente quando equipado com a carenagem os seus 340cv ate gerava um bom desempenho em frente aos seus concorrentes diretos volvo N10 300cv e scania 112hs 333 cv pena que seu motor tivesse vida tao curta e sua curta reduçao 4,24 o motor girava muito alto a 80 por hora

  2. Evandro, lembro quando foi lançado primeiro o LS 1932 inclusive o caminhão foi utilizado pelo Roberto Carlos em seu show de final de ano em que ele dirigia, cantando a música Caminhoneiro.
    Depois o 1933 mudou pouca coisa, e o 1934 com a cor branca e a carenagem dando um ar futurista e imponente.
    Bela lembrança.

    • Roberto amigo, grato por relembrar este fragmento da história. Realmente o LS-1932 e o LS-1933 eram distintos apenas por pequenos detalhes. Abração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Complete a conta. *