Mercedes-Benz LS-1934 (AGL “Cara Preta”)

Este folheto também faz parte do pacote que o amigo Bruno Camargo nos enviou graciosamente. Traz o Scania R164 na versão 6×4 rodoviária, viagra excelente para tracionar bitrens, bitrenzões e rodotrens, graças ao seu poderoso motor DC 16 02, de 480 cv.

Na sua nomenclatura, o “R” indica sua cabina avançada alta, o “G” a aplicação rodoviária em vias mistas, o “A” que se trata de um cavalo-mecânico, e o “NZ” indica a suspensão traseira por molas.

 
Nosso amigo André Giori, help entusiasta dos Mercedes “Cara-Preta”, purchase em mais uma de suas inúmeras e gentis colaborações para com este espaço, nos remeteu bonitas imagens do modelo topo-de-linha da gama AGL, o cavalo-mecânico LS-1934, na época o estado da arte da filial brasileira da Mercedes-Benz.

15 ideias sobre “Mercedes-Benz LS-1934 (AGL “Cara Preta”)

    • Caro Marco, concordamos. Apesar de os críticos chamarem os Mercedes “Cara Preta” de remendo na época, a verdade é que o resultado final ficou muito atraente. Com reduzido investimento, a Mercedes ganhou tempo para enfrentar a crescente concorrência dos Scania Série 2 e Volvo, nos pesados, e do Ford Cargo e dos VW, nos médios, até a chegada da nova linha HPN em 1989. Obrigado pela visita e pelo comentário! Um abraço, Evandro.

  1. Eu me lembro desses Mercedes puxando “cegonhas” repletas de carros novinhos em folha para todos os lados…com as carenagens e tudo mais

    • Daniel, verdade! Parece que foi ontem! E hoje já é raro ver um “34” carenado em bom estado rodando por aí… O tempo está demasiado acelerado. Um abração, Evandro.

      • BOA NOITE AMIGOS, SOU FÃ DOS MB 1933 E 1934 LS , GOSTARIA DE SABER SE FORAM PRODUZIDAS UNIDADES DO 1934 TRUCADO (6X2) SE TIVEREM FOTOS GOSTARIA QUE ME ENVIASSEM. GRATO. FLÁVIO.

        • Caro Flávio, estes Mercedes só foram produzidos como 4×2, ou seja, sem terceiro eixo de fábrica.

          Se algum leitor tiver fotos destes caminhões, favor nos enviar para atender o pedidodo Flávio. Obrigado e um abraço, Evandro.

    • Amigo Daniel, LS-1934 já não se avista tanto, sobretudo com as carenagens, as primeiras em um pesado brasileiro! Abraço.

  2. eu tenho um 1933 reformei de ponta a ponta e ja to conprando a acarenagem vai ficar lindo ja ta tanbem sou fa dos caminhoes 1933 e 1934 valeu

  3. afinal onde eu passo com meu 1933 todo mundo fica de olho me sinto orgulhoso de ter um para muita jente nao presta mas pra min e tudo obrigado

    • Caro Orlando, que bacana! Se puder, mande fotos de seu 33 para publicarmos aqui. Ficaremos honrados. Parabéns pela máquina. Um abraço.

  4. Estou pensando em comprar um 34 de um amigo aqui da região, so to meio com um pé atras pq não sei se esse cavalinho e bom de motor…pois tenho semi reboque rosseti caçamba, sera que ela puxa bem?

    • Caro Rafael, apesar da beleza e do carisma, o 1934 tinha um motor OM_355/6 LA esticado além do limite… O resultado era baixa durabilidade e problemas diversos, como superaquecimento e engripamento de pistão, entre outros. Se for para trabalhar leve, até dá até para arriscar. Caso contrário, prefira um 1932 ou 1933, com motor menos estressado. Boa sorte. Abraço, Evandro.

  5. Evandro obrigado mais uma veis por responder a minhas perguntas . mais eu ainda tenho muita duvidas em relasao a o motor 355/6 la de 326 hp do onibus o 371 rs se ele e um motor bom para viagens longas e se ele e duravel e se a manutençao na propia mercedes bens e barata e quanto custa para fazer o motor todo na mercedes bens .E porque ele e menos estressado do que o 1934 . E o 1933 tambem tem o mesmo poblema de engripamento do 1934 desde ja agradeço .

    • Caro Samuel, de fato, na aplicação em ônibus, de menor fator de carga, a tendência é que o OM-355/6 LA tenha uma vida mais tranquila. Obrigado.

Comentários encerrados.