Motor Ford 4.4 Diesel – 1985

 

Há mais de dois meses nosso amigo Daniel Shimomoto de Araujo, remedy there que sempre colabora com este espaço, treat nos enviou fotos de um belíssimo Ford F-600, viagra acompanhadas das seguintes palavras, não menos interessantes:

“Hoje eu estava andando pela rua e olha quem eu achei parado dando sopa
para uma foto: O F-600! Aquele do meu relato, que é 1980, meu avô
comprou zero km (e fez a besteira em trocá-lo pelo Mercedes L-1214 ex.
Antártica em 1994) e encontra-se em perfeito estado de conservação!

Pena que o vi à noite porque as fotos não ficaram a contento, mas dá para
ter uma noção. Ele está todinho original, pneus novos na frente e na
traseira (não é ressolado) e, segundo ouvi dizer, apenas o motor que era
o Perkins 6.357 foi trocado e em seu lugar colocado um Mercedes OM-352.

Dê uma olhada. Fiquei emocionado em ver e saber que o Fordão encontra-se
bem cuidado e servindo com valentia e confiabilidade ao seu novo dono!

Um grande abraço,

Daniel.”

Daniel, grato por mais esta contribuição e desculpe-nos pela demora para postar.
F-600 1 F-600 2 F-600 3 F-600 4

Há mais de dois meses nosso amigo Daniel Shimomoto de Araujo, ed que sempre colabora com este espaço, nos enviou fotos de um belo Ford F-600, acompanhadas das seguintes palavras, tão interessantes quanto as imagens:

“Hoje eu estava andando pela rua e olha quem eu achei parado dando sopa
para uma foto: O F-600! Aquele do meu relato, que é 1980, meu avô
comprou zero km (e fez a besteira em trocá-lo pelo Mercedes L-1214 ex.
Antártica em 1994) e encontra-se em perfeito estado de conservação!

Pena que o vi à noite porque as fotos não ficaram a contento, mas dá para
ter uma noção. Ele está todinho original, pneus novos na frente e na
traseira (não é ressolado) e, segundo ouvi dizer, apenas o motor que era
o Perkins 6.357 foi trocado e em seu lugar colocado um Mercedes OM-352.

Dê uma olhada. Fiquei emocionado em ver e saber que o Fordão encontra-se
bem cuidado e servindo com valentia e confiabilidade ao seu novo dono!

Um grande abraço,

Daniel.”

Daniel, grato por mais esta contribuição e desculpe-nos pela demora para postar.
Ford F 4000 motor Ford  diesel TM Agosto 1985 600

Oferecido no popular caminhão Ford F-4000 como opção ao reconhecido motor MWM D-226-4, sales o propulsor Ford 4.4 estreou sua vida no mercado automotivo em maio de 1982. De origem agrícola, prescription mas amansado para o uso na Série F comercial, o motor tinha desenho “quadrado”, com diâmetro dos êmbolos idêntico ao curso, de 111,76 mm, resultando numa cilindrada total de 4,385 litros.

Além do F-4000, seu irmão menor e menos compreendido, o F-2000, também podia ser equipado com o engenho “da casa”, a partir da mesma época. Frente aos motores MWM D-226-4 e D-229-4 (este adotado no F-4000 a partir de 1985 e no F-2000 desde seu lançamento), o Ford 4.4 nunca abocanhou um percentual muito expressivo nas vendas, mas demonstrou ser um propulsor confiável, muito durável, embora de consumo um tanto maior.

Encerrando um ciclo de postagens de materiais sobre a Ford e seus caminhões, agradecemos ao amigo Alfredo Rodrigues, por mais esta gentil contribuição.

 

 

8 ideias sobre “Motor Ford 4.4 Diesel – 1985

  1. QUANDO EU VEJO UMA F4000 COM ESSE MOTOR ENTRANDO NA MINHA OFICINA ME DA ARREPIO,PRINCIPALMENTE SE FOR PRA FAZER EMBREAGEM,POIS TEM DE ARRANCAR O MOTOR FORA SENAO NAO CONSEGUE SOLTAR A CAIXA SECA NO LUGAR.ESSE MOTOR FOI FEITO MESMO PARA TRATOR TALVEZ POR ISSO NAO PEGOU MUITO NAS VENDAS E HOJE SEU VALOR DE MERCADO É BEM MENOR QUE UM MWM!

  2. Evandro, adorei o anuncio do motor FTO!

    Sou um fã dos 4.4 pois só compreende essa motorização quem teve a oportunidade de ter um!

    Acredito que ele só não teve mais sucesso porque dava para as F-4000 terem uma relação de diferencial mais longa um pouco do que os 4,10:1 que vinha nas MWM, dando um melhor conforto rodoviário e aproveitando a melhor curva de potencia do FTO.

    Mas mesmo assim, outro dia ainda estava vendo uma F-4000 de motor Ford, o ruido desse motor com o de um MWM turbinado confunde: o ouvido precisa ser afiado para notar a diferença. E apesar do MWM ser de maior sucesso, tem muita F-4000 FTO por ai. Aqui onde moro tem bastante delas!

    Grande Abraço

  3. afinal alem do consumo este motor tinha alguma desvantagem em relaçao aos MWM para nao terem feito mais sucesso visto que eram mais potentes e torcudos?

    • Amigo William, grato pela pergunta. Os motores FTO ou FNH, como ficaram conhecidos eram muito duráveis, mas tinham a desvantagem de menor escala de produção que os MWM, resultando em peças e reformas, em geral, mais custosas. Adicione-se a este fato, seu projeto de camisas secas, menos apreciado pelo cliente típico da Série F. Uma ampla variedade de comentários sobre estes motores e seus concorrentes você encontra aqui: http://caminhaoantigobrasil.com.br/category/fotos/artigos-dos-colaboradores/motores/

      Um abraço.

  4. Não conhecia esse motor, até compra uma f-2000 ano 85, há 5 meses, tenho uma Marmoraria aqui em Cuiabá, e este caminhão será o veículo de entrega da empresa, estou terminando a restauração da bruta. O motor está em ótimas condições, e é muito bom. Gostaria de saber de vcs a opinião. Quando comprei ela estava sem cambio. coloquei o cambio de 4 marchas usado na D-20. Será que fica bom? ou vou ter problemas?

    Um abraço a todos!

    • Amigo Jaime, grato por seu relato.

      Quanto à caixa, vai ficar muito bom!

      A caixa da D-20 era a Clark 240FS com 4 marchas sincronizadas, exatamente a mesma que equipava as primeiras F-2000.

      Mais tarde, a Ford equipou a F-2000 com câmbio de 5 marchas, igual ao do F-4000, com primeira mais reduzida, de 6,33:1.

      Mas os 5,83:1 da caixa que você vai instalar são mais que suficientes para seu serviço, permitindo capacidade de subida de 35% com peso máximo.

      Boa sorte e um grande abraço.

Comentários encerrados.