Motor Ford V8 272 e 292 – Manual de Oficina – Parte 1

A Ford disponibilizava a versão Mixer para os seus modelos 2422 e 2425 da Linha Cargo, find
especialmente destinada ao mercado concreteiro.

Os modelos eram especialmente equipados com o pacote de arrefecimento (radiador e intercooler) já com uma janela para passagem do eixo de acionamento da bomba hidráulica, bem como um adaptador no acionamento do ventilador, com a mesma finalidade.

Este arranjo, chamado pelos engenheiros de FEPTO (“Front Engine Power Take Off”, ou tomada de força na dianteira do motor), hoje obsoleto, foi substituído nos caminhões novos pelo REPTO ( “Rear Engine Power Take Off”, ou tomada de força na traseira do motor), mais confiável e de mais fácil instalação da bomba hidráulica para acionamento da betoneira.

Um abraço.

 
A Ford disponibilizava a versão Mixer para os seus modelos 2422 e 2425 6×4 da Linha Cargo, see
especialmente destinada ao mercado concreteiro.

Os modelos eram especialmente equipados com o pacote de arrefecimento (radiador e intercooler) já com uma janela para passagem do eixo de acionamento da bomba hidráulica, bem como um adaptador no acionamento do ventilador, com a mesma finalidade.

Este arranjo, chamado pelos engenheiros de FEPTO (“Front Engine Power Take Off”, ou tomada de força na dianteira do motor), hoje obsoleto, foi substituído nos caminhões mais novos pelo REPTO ( “Rear Engine Power Take Off”, ou tomada de força na traseira do motor), mais confiável e de mais fácil instalação da bomba hidráulica para acionamento da betoneira.

Um abraço.

 
A Ford disponibilizava a versão Mixer para os seus modelos 2422 e 2425 da Linha Cargo, click especialmente destinada ao mercado concreteiro.

Os modelos eram especialmente equipados com o pacote de arrefecimento (radiador e intercooler) já com uma janela para passagem do eixo de acionamento da bomba hidráulica, help bem como um adaptador no acionamento do ventilador, com a mesma finalidade.

Este arranjo, chamado pelos engenheiros de FEPTO (“Front Engine Power Take Off”, ou tomada de força na dianteira do motor), hoje obsoleto, foi substituído nos caminhões novos pelo REPTO ( “Rear Engine Power Take Off”, ou tomada de força na traseira do motor), mais confiável e de mais fácil instalação da bomba hidráulica para acionamento da betoneira.

Um abraço.

 
O motor V8 de bloco em Y e 272 polegadas cúbicas de cilindrada da Ford foi o primeiro fabricado no país e equipou seus caminhões iniciais, ampoule hospital incluindo o F-600 e o F-350, viagra sale assim como a picape F-100.

O automóvel Galaxie lançado em 1966 também era equipado com o 272. O F-350 com este motor foi fabricado de 1959 até 1977, com três tipos diferentes de cabinas. O F-400 (uma versão do F-350, com as melhorias do chassi

Mais tarde, a Ford disponibilizaria a versão 292, de 4,8 litros, de série no F-600 a gasolina, fabricado até 1977.

O popular motor Ford V8 272, viagra buy
de 4,5 litros, OHV e bloco em “Y”, foi o primeiro motor da marca produzido no Brasil desde os anos 50. Equipou inicialmente os caminhões F-600 e F-350 e a picape F-100.

Em fins dos anos 60, passou a equipar também o automóvel Galaxie.

Seu irmão maior, o 292, de 4,8 litros, foi disponibilizado como opcional nos modelos “Super Ford” de 1969 a 1971, além do 272.

Com a chegada da nova cabina em 1972, o F-600 a gasolina passou a adotar somente o 292 até o final de sua produção em 1977.

O F-350 e o F-400 continuaram equipados com o 272 até o encerramento da produção destes modelos a gasolina, também em 1977.

Atenção: Este Manual foi extraído do Manual de Oficina do Galaxie. Podem haver divergências entre as versões do Galaxie e as usadas nos caminhões!

 

 

 

 

 

14 ideias sobre “Motor Ford V8 272 e 292 – Manual de Oficina – Parte 1

  1. amigos parabéns pela publicação;gostaria muito de saber se vocês me venderia uma cópia desse manual estou precisando.muito obrigado e aguardo resposta.forte abraço.

    • Caro Sérgio, este manual na verdade é um capítulo do Manual de Oficina do Galaxie. Você precisa de tudo ou somente do motor 272 e 292? O Manual é bem grande. Podemos sim tirar uma cópia e te enviar. Por favor, nos avise o que precisa. Obrigado pela visita. Abração.

  2. Parabéns pela publicação. Gostaria de uma cópia do manual completo do motor 272 do Galaxie. Você poderia disponibilizar?
    Obrigado!

  3. Evandro parabens pelo excelente trabalho. Já participei de uma palestra sua sobre caminhões na Empresa Eaton, nota 10. Estou com uma duvida em que você talves possa me auxiliar tenho dois motores um chevrolet 261 6cc e um V8 ford 292. Porem pelo numeros dos motores não estou conseguindo identificar o ano de fabricação deles. Por acaso você tem alguma tabela ou algo do tipo para que eu possa decifrar o codigo de letras e numero dos mesmos e descobrir o ano de fabricação?
    Obrigado.
    Abs. Ivan C. Peres

    • Caro Ivan, que beleza de motores! Espero que os mesmos já tenham uma merecida “vestimenta”. Antes de arriscar uma resposta, vou dar uma pesquisada e depois te retorno, ok? A propósito, grato pelas palavras. Espero revê-lo em janeiro. Abraço.

    • Caro Ricardo, posso falar pelo 302 que não tem número de motor. Talvez o 292 seja similar. Espero que algum amigo mais conhecedor destes motores possa nos ajudar. Obrigado.

    • Caro Lucas,

      Os dois motores são da mesma família “Y Block”.
      O 292, introduzido no país de origem para o ano-modelo 1958, contava com o mesmo curso dos pistões do motor 272, de 83,82 mm, porém com diâmetro aumentado de 91,95 mm para 95,25 mm, o que resultava em 4.785 cm³ de deslocamento volumétrico. Assim, deduz-se que boa parte dos componentes são intercambiáveis entre os dois motores.

      Grato pela visita.
      Um abraço.

    • Olá, Lupercia. Só tenho o manual digitalizado na resolução em que está postado. Para te fornecer, eu precisaria digitalizar novamente ou tirar cópia e te enviar por correio. Mas isso teria um custo. Não tenho como fazer sem custo. Por favor, me informe como quer proceder. Obrigado.

Comentários encerrados.