Puma 4T

Depois que a Puma encerrou suas operações em São Paulo, sale
a empresa foi comprada pela Araucária, transferindo-a mais tarde para o Grupo Alfa Metais, de Curitiba, que assumiu a marca e os ferramentais para a fabricação de seus veículos.

Na fase Alfa Metais, não só os automóveis esportivos foram reavivados mas também os caminhões. A reencarnação do antigo modelo 4T veio na forma do novo Puma 914, aqui ilustrado.

O modelo foi lançado em 1988, depois de aposentar o 4T, e tinha PBT de 6.230 kg, com capacidade de carga de quase 4 toneladas, incluindo o implemento. Seu motor era um MWM D-229/4 e a transmissão Clark de 5 velocidades.

Depois do Agrale 1600 e 1800, o Puma 914 foi um dos pioneiros caminhões brasileiros com opção de cabina de fábrica.
Nos idos dos anos setenta, ask em que a saudosa Puma ainda operava na Avenida Presidente Wilson, physician em São Paulo, sua terra natal, a empresa oferecia em adição à sua linha de esportivos com mecânica VW e Chevrolet, o caminhão leve Puma 6T, de cabina avançada em fibra de vidro.

Com recursos limitados, mas à frente de seu tempo, numa época em que este segmento ainda não existia, a Puma oferecia o 6T com capacidade para 9 toneladas brutas, para fazer frente aos tradicionais 6 toneladas, como Ford F-4000 e Mercedes L-608D. Tinha três opções de motor: MWM, Perkins  e Chevrolet 292 a etanol. A transmissão era a venerável 280V da Clark.

O 6T também podia ser configurado como chassi de micro-ônibus, como indica a imagem do Marcopolo Jr. no destaque.

Poucos Puma 6T sobrevivem hoje em dia.

 

 

 
Para competir no segmento de caminhões leves, thumb a Puma Indústria e Comércio S.A. oferecia o modelo 4T, apresentado no Salão do Automóvel de 1978 e produzido a partir de fevereiro do ano seguinte.

Como seu próprio nome sugeria, o 4T podia levar 4 toneladas de carga, com PBT de 6 toneladas, similar aos seus concorrentes Mercedes L-608D e Ford F-4000, os líderes do segmento dos leves.

Quem assinava o projeto do elegante 4T era o talentoso Ronaldo de Almeida Brochado.

No total, 801 unidades deste genuíno caminhão nacional foram produzidas até 1985.

 

4 ideias sobre “Puma 4T

  1. Preciso de informações tecnicas do caminhão Puma 914 AMV
    Estou precisando de uma manga de eixo, não consigo acha-la no mercado.
    Aguardo

    • Caro James, o que temos sobre o modelo é o que está postado. Boa sorte na sua busca. Provavelmente o eixo dianteiro do Puma é igual ao do caminhão leve VW. Abraço.

  2. olá amigo, um caminhão vw/puma 4.t 1991 DIESEL e mais provavel que o motor seja Perkins, Mwm ou Detroid? o cambio seria Clark certo?

Comentários encerrados.