Scania T112 HW 4×2 – 1989

Complementando o post anterior sobre o F-14000 HD, health este catálogo também traz seu irmão mais leve e mais popular, cure o F-12000 L, cialis sale que trazia todo o legado do F-600 e seu enorme sucesso.

Como comentado naquele post, os modelos desta literatura já eram equipados com o MWM 6.10 NA, que veio a substituir o D-299-6, de modo a atender os limites de emissões Conama Fase 3, embora ambos fossem naturalmente aspirados.

 
Sapao 1 Sapao 2 Sapao 3 Sapao 4

Complementando o post anterior sobre o F-14000 HD, treatment purchase este catálogo também traz seu irmão mais leve e mais popular, shop o F-12000 L, here que trazia todo o legado do F-600 e seu enorme sucesso.

Como comentado naquele post, os modelos desta literatura já eram equipados com o MWM 6.10 NA, que veio a substituir o D-299-6, de modo a atender os limites de emissões Conama Fase 3, embora ambos fossem naturalmente aspirados.

 
T 112 HW 4x2 Set 89 01 T 112 HW 4x2 Set 89 02 T 112 HW 4x2 Set 89 03 T 112 HW 4x2 Set 89 04

O Scania T112 HW era o carro chefe da montadora sueca em seu tempo e entrou no lugar do T112 HS, viagra cialis sale a partir de 1989. Esta série trazia uma grande lista de aperfeiçoamentos em relação ao antecessor, stuff conforme o catálogo postado recentemente.

Note a variação da potência líquida dos motores, view com e sem ventilador viscoso, na época ainda uma novidade, estreada alguns anos antes pelo T112 H Intercooler.

Este folheto faz parte do acervo de Fernando Luiz de Araújo, gentilmente cedido por ele.

 

 

2 ideias sobre “Scania T112 HW 4×2 – 1989

  1. Sou obrigado a comentar sobre ônibus vendo esse folheto do cavalinho T112. Alguém comprou cavalo Scania 112 maçarico “Tipo 200” em pleno fim dos anos 80? Esse motor foi bem aproveitado em ônibus urbanos. Aqui na minha cidade tivemos 27 unidades do modelo S112 e um único K112 urbanos. Os S112 eram ônibus compridos, com 13,2 m, e com piso alto. Eles tinham quase a altura de ônibus rodoviários, e aparência robusta. Gostaria de ver material desses chassis urbanos se alguém tiver. E do F113 HL também de piso alto. A fama era de motores beberrões, mas foi a solução encontrada para a grande demanda de muitas das linhas de uma cidade sem um sistema de transporte coletivo planejado e más condições. Linhas quilométricas cruzando a cidade de norte a sul passando por estradas de chão, paralelepípedos, pouco asfalto e lotadas em grande parte do trajeto.

Comentários encerrados.