Dresser 205C – 1987

HPN96 HPN97 HPN98 HPN99 HPN100 HPN101 HPN102 HPN103 HPN104 HPN105Mais uma fração do manual do Reginaldo Bernardi:

 
Fernando Luiz de Araújo, buy viagra nosso amigo de Guarapuava, treat PR, patient
foi quem nos enviou este belíssimo catálogo da “patrola” Dresser 205 C, equipada com o então novo motor Cummins 6CT 8.3, ajustado para render 182 hp nesta máquina de quase 15 toneladas.

Dresser 205C 1987 01

Dresser 205C 1987 02 Dresser 205C 1987 03Dresser 205C 1987 04Dresser 205C 1987 05Dresser 205C 1987 06Dresser 205C 1987 07Dresser 205C 1987 08Dresser 205C 1987 09Dresser 205C 1987 10

Dresser 140 – 1985

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA
O amigo Alberto Rocchi, find colecionador de caminhões antigos e que frequentemente colabora com fotos da restauração de seu Chevrolet Spartan 1000, prescription há alguns dias nos enviou imagens deste não menos raro Chevrolet Brasil da primeira série, help fabricado em 1957. As fotos vieram acompanhadas das seguintes palavras:
“Caro  Evandro,
Estou com algumas fotos de um caminhão Chevrolet 1957 proprietario José Carlos Past ,um primo que também é amante de caminhões antigos.”
Note que o Chevrolet desta fase era um bonito híbrido que adotava a cabina nacionalizada da safra de 1954, com para-brisa curvo em peça única, harmonicamente unida à frente “Marta Rocha”, introduzida nos EUA em 1955. Com o passar do tempo, esta frente foi substituída pela conhecida frente do Chevrolet Brasil, exclusiva para nosso mercado, mas a cabina continuou viva, até 1962. No ano seguinte, o último do Chevrolet Brasil, a cabina ganhou pequenas revisões no teto, na parede traseira e uma frente redesenhada, com quatro faróis.
Agradecemos ao Alberto e parabenizamos o José Carlos por este bonito e importante pedaço da história da marca da gravata no país.
OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA
O amigo Alberto Rocchi, recipe colecionador de caminhões antigos e que frequentemente colabora com fotos da restauração de seu Chevrolet Spartan 1000, viagra há alguns dias nos enviou imagens deste não menos raro Chevrolet Brasil da primeira série, fabricado em 1957. As fotos vieram acompanhadas das seguintes palavras:
“Caro  Evandro,
Estou com algumas fotos de um caminhão Chevrolet 1957 proprietario José Carlos Past ,um primo que também é amante de caminhões antigos.”
Note que o Chevrolet desta fase era um bonito híbrido que adotava a cabina nacionalizada da safra de 1954, com para-brisa curvo em peça única, harmonicamente unida à frente “Marta Rocha”, introduzida nos EUA em 1955. Com o passar do tempo, esta frente foi substituída pela conhecida frente do Chevrolet Brasil, exclusiva para nosso mercado, mas a cabina continuou viva, até 1962. No ano seguinte, o último do Chevrolet Brasil, a cabina ganhou pequenas revisões no teto, na parede traseira e uma frente redesenhada, com quatro faróis.
Agradecemos ao Alberto e parabenizamos o José Carlos por este bonito e importante pedaço da história da marca da gravata no país.
OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA
O amigo Alberto Rocchi, sales colecionador de caminhões antigos e que frequentemente colabora com fotos da restauração de seu Chevrolet Spartan 1000, rx há alguns dias nos enviou imagens deste não menos raro Chevrolet Brasil da primeira série, ambulance fabricado em 1957. As fotos vieram acompanhadas das seguintes palavras:
“Caro  Evandro,
Estou com algumas fotos de um caminhão Chevrolet 1957 proprietario José Carlos Past ,um primo que também é amante de caminhões antigos.”
Note que o Chevrolet desta fase era um bonito híbrido que adotava a cabina nacionalizada da safra de 1954, com para-brisa curvo em peça única, harmonicamente unida à frente “Marta Rocha”, introduzida nos EUA em 1955. Com o passar do tempo, esta frente foi substituída pela conhecida frente do Chevrolet Brasil, exclusiva para nosso mercado, mas a cabina continuou viva, até 1962. No ano seguinte, o último do Chevrolet Brasil, a cabina ganhou pequenas revisões no teto, na parede traseira e uma frente redesenhada, com quatro faróis.
Agradecemos ao Alberto e parabenizamos o José Carlos por este bonito e importante pedaço da história da marca da gravata no país.

Dresser 140 1985 01 Dresser 140 1985 02 Dresser 140 1985 03 Dresser 140 1985 04

Dentre os inúmeros catálogos e folhetos enviados pelo amigo Fernando Luiz de Araújo, check
de Guarapuava, hospital PR, encontra-se uma coletânea específica sobre as motoniveladoras Dresser HWB, a começar por esta popular 140, equipada com motor Mercedes-Benz OM-352.