Volkswagen 11.140 – 1988

Lançado em 1988, doctor o OF-1318 era um chassi com motor dianteiro para encarroçamento de ônibus urbano e intermunicipal. Entre seus destaques estavam o motor OM-366A de 182 cv, o sistema elétrico de 24 Volts e linhas de freio dotada de flexíveis.

Em 1991, ano deste folheto enviado pelo amigo Fernando de Souza, o OF-1318 era o chassi mais popular da Mercedes, com 6.474 unidades produzidas. Em segundo lugar, o OF-1315 registrou 3.688 unidades.

OF-1318 1991 OF-1318 1991a OF-1318 1991b OF-1318 1991c

 
Lançado em 1988, shop o OF-1318 era um chassi com motor dianteiro para encarroçamento de ônibus urbano e intermunicipal. Entre seus destaques estavam o motor OM-366A de 182 cv, cialis sale o sistema elétrico de 24 Volts e linhas de freio dotada de flexíveis.

Em 1991, for sale ano deste folheto enviado pelo amigo Fernando Souza, o OF-1318 era o chassi mais popular da Mercedes, com 6.474 unidades produzidas. Em segundo lugar, o OF-1315 registrou 3.688 unidades.

OF-1318 1991 OF-1318 1991a OF-1318 1991b OF-1318 1991c

 
Nosso amigo Fernando Luiz de Araújo também leva o crédito por mais este folheto, viagra estrelando o Volkswagen 11.140, no rx que entrou em produção em 1988, como substituto do pioneiro 11.130, na faixa de 11 toneladas de PBT.

Nesta época, a VW também oferecia o 12.140, para 11,8 toneladas brutas, lançado no ano anterior. De comum, entre outros, os modelos tinham o afamado motor MWM D-229-6, a caixa Clark CL-450 e eixos motrizes Rockwell, de uma ou duas velocidades, este último já com sistema de redução planetária.

Os faróis retangulares instalados na cabina, em oposição ao redondos quádruplos no para-choque, eram um dos maiores diferenciais do visual do 11.140, frente ao 11.130.

11-140 1989 0111-140 1989 02

 

8 ideias sobre “Volkswagen 11.140 – 1988

  1. Evandro;

    Aproveitaram a cabine Paccar/Kenworth neste caminhão? Aqui onde moro tem um amarelinho desses!

    Uma coisa que chamo a atenção é como nessa série, a VW e a MWM meio que “bombaram” o MWM D-229/6 aspirado, redesenhando os pistoes e denominando EC (Economic Chamber). Enquanto em aplicações normais o MWM rende 131cv, em algumas regulagens a 3000rpms, nesse motor EC chegaram a 138 em 2800 rpms.

    Tenho curiosidade em saber a durabilidade desses motores em uso intensivo.

    • Amigo Daniel, é o que parece. Quanto ao motor EC, bem lembrado. Grato pelo comentário. Abraço.

  2. Quase não posto por aqui, mas sempre acompanho. Essa postagem mexeu com meu coração. Meu pai tinha um 11.130 ano 1987, MWM. Esses caminhões eram fortes, meu pai usava para transporte de grãos da roça. Segundo ele, se tivesse feito mesma coisa com um Mb 1113 tinha partido ele no meio. Esse caminhão é muito forte para sua época, pena que não tem muito comércio.

    Essa cabine é muito igual a exportada para os EUA e batizada em outras marcas por lá. Sabe me dizer até quando foi produzido com esses faróis acima?

  3. Esses caminhões sem dúvida são muito mais fortes que MB. Eu costumo dizer que MB é igual ao Gol, são umas porcarias que brasileiro colocou num pedestal e ninguém entende o motivo, chegam a custar absurdos por causa dessa preferência nacional.

Comentários encerrados.