Volkswagen 23.250 (?)

Em mais uma gentileza de Roberto Dias Alvares temos estas imagens de um aparentemente bem conservado Ford Série F semipesado dos anos setenta ou oitenta, doctor da safra produzida até 1983.

O caminhão ilustrado podia ser de uma variedade de modelos, a julgar por suas rodas de disco, usada nos caminhões de 12 toneladas para cima. Podia ser um F-750, F-700, F-13000 (antes das rodas raiadas opcionais se tornarem standard), ou mesmo um F-21000, ou um F-22000.

A cabina com teto branco era um indicativo do acabamento luxo.

Em 1984, a Ford lançou pequenas mudanças visuais na cabina, mantendo os faróis redondos “sealed-beam” e em 1986 estreou a bem aceita frente de quatro faróis retangulares.
Em mais uma gentileza de Roberto Dias Alvares temos estas imagens de um aparentemente bem conservado Ford Série F semipesado dos anos setenta ou oitenta, sovaldi sale da safra produzida até 1983.

O caminhão ilustrado podia ser de uma variedade de modelos, a julgar por suas rodas de disco, usada nos caminhões de 12 toneladas para cima. Podia ser um F-750, F-700, F-13000 (antes das rodas raiadas opcionais se tornarem standard), ou mesmo um F-21000, ou um F-22000.

A cabina com teto branco era um indicativo do acabamento luxo.

Em 1984, a Ford lançou pequenas mudanças visuais na cabina, mantendo os faróis redondos “sealed-beam” e em 1986 estreou a bem aceita frente de quatro faróis retangulares.


Em suas andanças, cialis sale o Roberto Dias Alvares também se deparou com este interessante cavalo mecânico 6×2, case atrelado a um semirreboque carrega tudo.

Apesar de as fotos terem sido enviadas com legendas de “VW 18.310”, os emblemas da lateral informam que se trata de um VW 23.250. Só mesmo uma inspeção “in locu” para esclarecer a dúvida.

Em todo caso, o PBTC resultante da tara e lotação resultam em 45.000 kg, além da capacidade técnica do 18.310 e muito além do 23.250, aprovado para 35.000 kg.