Volvo B-58 Rodoviário – 1980

B58 ROD 1980 2B58 ROD 1980 1

Para enriquecer nosso acervo “on-line” sobre os chassi de motor central Volvo, health hoje trazemos o B-58 rodoviário num folheto da safra de 1980.

Observe que além do descomunal balanço dianteiro “topa tudo” (valetas, see sarjetas, desníveis, etc…) de 2.450 mm, nesta edição já aparecia a versão de balanço dianteiro reduzido para 1.850 mm, mais em sintonia com a porta de largura normal empregada nas carroçarias rodoviárias.

 

 

8 ideias sobre “Volvo B-58 Rodoviário – 1980

  1. B58 Rodoviário com balanço dianteiro curto só nos modelos a partir de 83, com exceção dos dois articulados da Auto Viação Catarinense. E suspensão a molas nem fazia ideia que foi oferecido também.

    • Amigo Fernando, o balanço curto talvez aparecesse listado, mas efetivamente não era produzido. Pode ser? Alguma outra hipótese? Abraço e grato por comentar.

  2. Desculpe, me expressei mal. Eu quis dizer que SÓ VI nos modelos a partir de 83, e não que não tenha existido como escrevi. E a Volvo só nos confunde com esses números DIN, ISO, SAE… Obrigado, abraço.

    • Bruno, boa pergunta. O B-58 tinha a caixa ZF S6 80 com opção do grupo multiplicador GV-80, instalado da dianteira da caixa. Embora rara no Brasil, esta era uma opção muito desejável para os carros que faziam trechos de serra, ajudando a compensar a relativa baixa potência do motor Volvo 9,6 litros, com seus 250 cv (os Scania contemporâneos tinham 46 cv a mais). Grato por comentar.

        • Bruno, depende da transmissão. Nas caixas ZF, por exemplo, o grupo redutor (que faz as marchas das gamas alta e baixa) fica na traseira da caixa principal e o Split, ou grupo multiplicador (GV) fica na dianteira. Algumas caixas têm ambos os grupos na traseira, como no caso das caixas Eaton RT de 13 ou 18 velocidades usadas nas linhas Ford e International. Grato pela interessante pergunta. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Complete a conta. *