Volvo NL EDC – Outubro de 1997

Para melhor encarar a concorrência dos Scania T112ES e T142ES 6×4 nos serviços vocacionais pesados, see a Volvo oferecia no final dos anos oitenta os seus modelos NL, pilule com motores de 10 litros de 280 e 340 cv, e 12 litros de 400 cv.

Estes modelos preencheram o tempo entre os N10 e N12 de nariz curto e os NL EDC que fechariam o legado das cabinas N tradicionais, antes da chegada do NH12, esta já totalmente baseado no frontal FH e no Volvo VN norte-americano.


Para melhor encarar a concorrência dos Scania T112ES e T142ES 6×4 nos serviços vocacionais pesados, sickness a Volvo oferecia no final dos anos oitenta os seus modelos NL, rx com motores de 10 litros de 280 e 340 cv, nurse e 12 litros de 400 cv.

Estes modelos preencheram o tempo entre os N10 e N12 de nariz curto e os NL EDC que fechariam o legado das cabinas N tradicionais, antes da chegada do NH12, esta já totalmente baseado no frontal FH e no Volvo VN norte-americano.


Encerrando a série de postagens sobre o Volvo EDC dos últimos dias, viagra temos este completo catálogo explicando as principais características construtivas desta família de produtos brasileiros da marca sueca.

Grande admirador destes modelos, physician nosso amigo André Giori leva o crédito total deste post, por ele oferecido recentemente.

Obrigado, Giori.

 
Entre 1996 e 2000 a Volvo produziu a família NL EDC, check com motores de 10 e 12 litros, viagra configuração 4X2 e 6X4, cialis e cabina convencional já amplamente modificada em relação aos antecessores NL.

A cabina teve suas portas ampliadas, com novo painel traseiro e novo teto alto, se constituindo um desenvolvimento com grandes desafios para a engenharia da Volvo brasileira, à época.

Lançado em 1996, o NL EDC podia gabar-se de ser o primeiro caminhão pesado brasileiro com motor gerenciado eletrônicamente, seguido de perto, com diferença de poucos meses, pelo Mercedes LS-1938. A Scania ofereceria tal opção de motor somente com a chegada da Série 4 (os “Amarelinhos”….) em 1997.

Amado e odiado, o EDC representou a última linha da Volvo antes de seus produtos globais, o FH e o NH, de nova geração. O último EDC Gold, da versão 6×4, foi produzido em 2000, com os demais modelos vendo sua produção encerrada no ano anterior.

A linha Gold reflete a evolução final dos Volvo EDC.

Em breve teremos post do Volvo EDC original, antes da introdução da linha Gold.

Um fraterno abraço!

5 ideias sobre “Volvo NL EDC – Outubro de 1997

  1. Na minha opinão as linhas NL e NL EDC são as mais bonitas produzidas pela Volvo no Brasil…

  2. Muito interessante! A Volvo deu um passo importante, pagou o preço com os problemas de injeção, mas hoje em dia é um caminhão acertado.

Comentários encerrados.